segunda-feira, 31 de maio de 2010

Super Gatas e Lollypops Dr Jekyll 02/06

Noooooossa! Seriedade, baita show confiram.

Superguidis, Loomer e Cartel da Cevada

Mais uma do amigo Carlinhos o "Grávido" confere aí.

:::QUARTA RÁDIO SHOW:::
- Véspera de Feriado!!! -
Vâmo começá o feriadismo na base da catêga! Pelamor né ô batista!?!Noitada musical que começa cedo, com a gravação do "Império da Lã apresenta:", o programa de música ao vivo da
Ipanema FM apresentado por Carlinhos Carneiro, e depois segue noite a dentro com shows PREZA!

Quarta, 02/06, 21hno BECO (Independência, 936 - defronte à OSPA)CEVA DOSE DUPLA ATÉ O FIM DA GRAVAÇÃOInvestimento: R$15,00 (ou R$10,00 para quem colocar o nome na lista do site
www.beco203.com.br)

SUPERGUIDIS (
www.myspace.com/superguidis)+LOOMER (www.myspace.com/loomerband)+CARTEL DA CEVADA (www.myspace.com/carteldacevada)
- Primeiro, os Guidis, cá entre nós a banda de rock mais massa no brasil hoje, fazendo uma apresentação acústica na gravação do programa, para divulgar o lançamento do terceiro, muito afudê e homônimo disco deles;

- Despois, Loomer e Cartel da Cevada louvando guitarras elétricas e não cortes de cabelo - como a coisa deve ser!-, cada um a sua maneira, noite a dentro!

O "Império da Lã apresenta:" vai ao ar todos Domingos, às 16h, na radio Ipanema (94,9 FM ou
www.ipanema.com.br).

Frank Jorge - O Viajante

Mais um crocante show do Frank Jorge no Ocidente. Músicas do terceiro disco e novas "covers" no repertório, e claro Graforréia e os Robertões de sempre. Tudo muito supimpa.
Sem contar a ousadia do Frank em convidar Tarcísio Meira's Band para o show de abertura. Mais ousado que andar pelado com o cavalo.
Assim que minha conexão permitir coloco mais vídeos na rede, principalmente dois momentos robertianos: um proporcionado pela Tarcisio que tocou sua versão para Amigo (amigo de tantas trepadas) e outro pelo amigo Frank que puxou do seu baú sessentista a bela canção Traumas. Aguardem.
Por enquanto a canção que, segundo o proprio Frank, "foi um dos principais motivos do show festivo-faceiro-contente celebrar o lançamento do single "O Viajante", uma balada country-melancólica, gravada no Estúdio TRAMA/SP no projeto TRAMA 10 horas em 26 de março, que fala sobre sair da cidade natal, buscar novos rumos, retornar e passar de raspão, encontros e desencontros amorosos e ainda assim, ter muita fé na vida."


Imagens: Domicio Grillo

King Skull Metal Fest 11 de Junho Garagem Hermética

Beleza mais gente chegando pra pesar a música por estas plagas gaúchas. O selo King Skull é criação do Phill Barragan figura bem conhecida da cena metal de Porto Alegre, Corja.Net e The Dancing Demons estarão por lá. Ah e pontualmente 21h!
Blog do King skull - http://kingskullselo.blogspot.com/
Myspace King Skull- http://www.myspace.com/selokingskull


quinta-feira, 27 de maio de 2010

Tonho Crocco - Árida Saudade (clipe oficial)

O amigo de nossa Corja Tonho Crocco está de vídeo-clipe novo. Mais uma música saída o primeiro disco solo do Tonho o Teto Solar. Dá um conferes aí.
"Music video by Tonho Crocco performing ''Árida Saudade''.Coube a Zarabatana Filmes a responsabilidade pela produção, filmagem e edição das imagens com o apoio ilimitado da APEMA que proveu todo o equipamento de luz necessário para a gravação. Direção de arte, fotografia e edição por Pia Azevedo e João Divino.
Dirigido por César Figueiredo.O vídeo é uma escancarada e assumida homenagem ao programa ENSAIO criado pelo jornalista Fernando Faro em 1970. Grandes nomes da MPB como Cartola, Pixinguinha e Jacob do Bandolim mostravam sua arte em preto e branco, ao vivo e sem o áudio do entrevistador.
Gravada em New York no ano de 2008, a faixa 4 do EP tem o auxílio luxuoso de músicos brasileiros residentes em NY como Carlos Almeida (cavaco e violão 7 cordas), Zé Maurício e o gaúcho Duda Guedes (percussão) e Zé Luis Oliveira (sax tenor, flauta e auto flute) que junto com o Londrino Simon Katz produziram o ´´Teto´´ de T.C.
Mais informações em www.tonhocrocco.com "
fonte: divulgação

quarta-feira, 26 de maio de 2010

A Copa Que Interessa Pra Quem Não Se Interessa Muito Por Copa

Pra quem vai ficar, ou já está, de saco cheio com a tal da Copa do Mundo o figuraça Eduardo Menezes está lançando o livro 'A Copa Que Intererssa, Um Guia Sobre O Que Realmente Importa no Mundial. Inclusive Futebol'. Perólas futibolisticas para irritar seus amigos metidos a comentaristas e pra não faltar assunto na fila do supermercado.
Olá, queridos.
Para quem não sabe, estou lançando um Guia para a Copa do Mundo chamado "A COPA QUE INTERESSA", que trata sobre o que realmente importa no mundial - o que não necessariamente é o futebol.
A publicação está sendo editada pela Dublinense, e você encontra mais informações sobre compra, encomenda, release, fotos e textos clicando
aqui.
Para celebrar esta realização, estarei recebendo os amigos no Caminito (rua Padre Chagas, 318) na Quarta, dia 26, a partir das 18:30. A função deve se prolongar por grande parte da noite, com direito a 1 hora de chopp na faixa, muito papo furado e especulações futebolísticas.
Encerrando com a mesma informalidade que comecei este e-mail, peço para que convidem seus amigos e passem lá para me dar um abraço. A divulgação do projeto é livre e incentivada, e o Guia sai por 15 reais na hora.
Qualquer dúvida, escrevam para mim. O convite está em anexo.
Beijo,
Eduardo Menezes
twitter.com/munuzus

terça-feira, 25 de maio de 2010

Fank Jorge no Oicente Quinta-feira 27 de Maio

Mais uma do Rei Magro. Um cara que traz um projeto até a edição 555 merece a homenagem recebida na cerimonia de entrega do Trófeu Açorianos de Música neste ano. Então te liga aí show do deveras importe Frank Jorge.

"Ocidente Acústico" - Edição 555
Show com FRANK JORGE e banda - Lançamento do single "O Viajante".
Abertura: Tarcísio Meira's Band
Discotecagem: Marília Feix
Quinta-feira, 27 de maio de 2010 -22hs
Ingressos a R$ 15,00 (quinze reais). Cons. Mínima Isenta.
Bar Ocidente - João Telles esq. Osvaldo Aranha
INFORMAÇÕES: 51 3312 1347 - www.ocidente.com.br - www.reimagroproducoes.com
Rei Magro Produções: Menção especial
A Rei Magro Produções acaba de ser agraciada no Prêmio Açorianos de Música , com Menção especial (Projetos Segunda Maluca e "Ocidente Acústico") .
Frank Jorge e banda - Lançamento do single "O Viajante" (gravado no Estúdio TRAMA/SP).
Depois de estrear o ano de 2010 nos palcos de São Paulo (dois shows no mês de março, FNAC Paulista junto com a banda Dingo Bells, vencedora do 1º FNAC/UNISINOS e SESC Santana junto com a banda Banzé), FRANK JORGE faz o seu primeiro show individual na terra do SACI. Um dos principais motivos do show festivo-faceiro-contente é celebrar o lançamento do single "O Viajante", uma balada country-melancólica, gravada no Estúdio TRAMA/SP no projeto TRAMA 10 horas em 26 de março, que fala sobre sair da cidade natal, buscar novos rumos, retornar e passar de raspão, encontros e desencontros amorosos e ainda assim, ter muita fé na vida!
No repertório do show, canções dos três CDs solos: - Carteira Nacional de Apaixonado (Barulhinho/POA/2001) - Serei mais feliz > (Vou largar a jovem guarda), Cabelos cor de jambo, Não recebo em dólar, Prendedor. - Vida de Verdade (YB/Trama/ SP/2003) - Você não é tão legal, Vida de verdade, Concurso literário. - Volume 3 (Monstro Discos/GO/2008) - Eu demiti um amigo, Obsessão anos 60, A historiadora, Elvis.
IMPORTANTE também: tocarão algumas canções da Graforreia Xilarmônica, cover dos hermanos argentinos do La Franela, a música "Lo que me mata" e um destaque aos amigos do Tarcísio Meira's Band, show de abertura, uma banda muito irreverente, dotada de um humor ácido e corajoso em tempos de produção em série de franjões e eletro-eletrônicos-amorfos-acéfalos-tum-tum-tum.
*Banda: Alexandre Birck: bateria e Stand UP Comedy /// Bruno Alcalde: > guitarra e voz /// Paulo Bergmann: teclado e pianica /// Régis Sam: baixo > /// Frank Jorge: composições, guitarra e voz.>
SORTEIOS E DISTRIBUIÇÕES DE BRINDES BIZARROS
Apoio: Bebe Baumgarten, ANNER Cervejas Especiais, Feltro Produções e Tirage > Serigrafia
www.myspace.com/frankjorgesolo
fonte: divulgação

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Wander, Rafinha, Jesus e a Celeuma

Ah a amiga Celeuma! Como gosto da tal. Mulher difícil. Tem gente que procura a todo custo provocá-la, e ela nem te ligo. Já em outras situações tu acha que ela vai ficar quietinha na dela, e tchum ela vem com tudo. Na semana passada o Rafinha Bastos (CQC e tal) divulgou no seu tweeter o link do vídeo Jesus Cristo Vai Voltar, aquele lá época do banda Sangue Sujo onde o Wander Wildner era o líder. Resultado o cara quase foi queimado vivo.
Como o vídeo em questão esta hospedado no canal corjatv, nosso canal no youtube, eu recebi todos os comentários. Engraçado como as pessoas se ofendem, se escandalizam quando se usa o nome do Sr. O nome do cara já foi usado pra exterminar civilizações inteiras, escravizar povos, perpetuar guerras, abusar de inocentes. Mas o que enraivece é o uso do nome de Jesus em vão. Nem em vão é. A música do Wander fala que o filho do Homi ta voltando e todos querem ele em sua casa. Resumindo se as pessoas tivessem um comportamento digno a um cristão durante a vida toda não precisariam perseguir o cara que veio de Belém (não no Pará fique bem claro), ainda conclui dizendo que "Jesus é o canal". Talvez os mais novos ou os menos acostumados ao portoalegres não saibam, mas dizer que uma coisa é o canal é dizer que ela é muito legal.
Eu nem católico sou, talvez por isso, esse Jesus que os católicos querem guardar dentro dos templos e das escrementuras sagradas, digo escrituras sagradas, não me serve. Me serve o orador que espalhava a ideia de amor como antídoto para um mundo de raiva e egoísmo, que juntou multidões pelas ruas e andou entre os miseráveis, leprosos, prostitutas e ladrões. Esse foi o Cara, esse é o canal.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

23 de fevereiro de um ano qualquer

Poucos dias foram suficientes para O Estranho descobrir que A Jornalista era real e morava em Porto Alegre. Descobriu também que seus pais eram aposentados. Ela tinha sido alfabetizada pela avó alemã aos quatro anos de idade. Devido à alfabetização precoce, nas séries iniciais tinha como castigo ir à biblioteca do colégio ler sozinha. Aos 12 anos já lia clássicos. Na adolescência A Jornalista apaixonou-se por Gibran Khalil Gibran, Nietzsche, Oscar Wilde e Dostoievski. Passada a fase da descoberta do Estranho, Ele foi à busca de vestígios que o levassem a tal Jornalista. Antes de definir um plano de seqüência Ele adormeceu após beber duas garrafas de vodka.

__________________________________________

24 de fevereiro de um ano qualquer
O Estranho acordou com a cabeça pesando mil toneladas devido à ingestão do álcool. Passando por uma ressaca sem antecedentes, tentava entender como chegaria até o banheiro. Precisava de um banho. Pensou no calor que fazia em Porto Alegre, mas desistiu de levantar. O Estranho ficou apenas com os pensamentos e sua descoberta do dia anterior. Com tudo confuso e com muita dor de cabeça Ele tomou calmantes para adormecer novamente e sonhar. O Estranho queria sonhar com A Jornalista e de tanto querer começou a ter uma sequência de sonhos.

*** Do livro O Estranho e A Jornalista (Flora Dutra)

Prancheta da Grafar

Espaço dos grafistas gaúchos na rede.

Expo Entre o Traço e Espaço Recebe Prêmio Açorianos Destaque Expo Coletiva

A exposição coletiva Entre O Traço E O Espaço que aconteceu entre os dias 24/06/09 a 15/08/09 no Espaço Cultural ESPM Porto Alegre com a curadoria de Guliherme Dable e participação dos artistas Diego Medina, Fábio Zimbres, Índio San e Nik Neves expondo não só suas ilustrações, mas também seus processos criativos, foi vencedora do Prêmio Açorianos de Artes Plásticas Destaque Exposição Coletiva. O prêmio é concedido pela prefeitura municipal de Porto Alegre.
Parabéns a gurizada, na real não tão guris assim é mais uma maneira carinhosa de falar, por este prêmio. Corja.Net esteve pelo Espaço Cultural ESPM e registrou parte das anotações, esboços, rascunhos, cadernos de viajem, estruturas moldáveis que fizeram parte desta exposição. Também conversei com Nik Neves na inauguração da exposição sobre criação, carreira e fofocas de amigos que há muito não se viam. Houve espaço até para relembrar antigos projetos musicais guardados no aconchego da memória reservado aos anos 90.
Na época eu cantava na banda The Thing e Nik na Os Vegetais, banda que imortalizou a música Creep do Radiohead cantada com a letra original substituída por Fogo e Paixão do Wando.

imagens e edição: Domício Grillo

DOPPIO FELLINI 24/05 Zelig Bar

Coisas boas unem Itália, São Paulo e Porto Alegre, confira.

*exposição inspirada na obra de Federico Fellini com vários artistas convidados(+)
*pocket show com o duo "Giulietta Benzina" (tavares e rafa) interpretando a banda paulista Fellini

24/05 segunda
- exposição- a partir das 20h/ show- 22h
ZELIG BAR Sarmento Leite 1086
couvert R$ 8,00

+ artistas convidados - RONALDO FOSSATI, JACK KAMINSKI, LUCIANA PINTO, JOICE GIACOMONI, EDUARDO MEDEIROS, FABRIANO ROCHA, RODRIGO ROSA, RAFAEL SICA, MARCO PILAR, DIEGO AMORIM, CARLOS FERREIRA.

Giulietta Benzina - projeto bissexto/itinerante de Sergio Tavares (Arnaldos, Nonsense, La Infâmia) e Rafael Ferretti ( ex -Urro)

Doppio Fellini
Essa é uma incomum homenagem que tangencia a genialidade do cineasta italiano, Federico Fellini, e a obra da cult band paulista dos anos 80/90 Fellini.
Nela, uma exposição de obras de artistas relevantes de Poa inspirada nos filmes de Fellini, é seguida de um pocket show de Giulietta Benzina, que resgata alguns clássicos obscurecidos da banda homônima (LSD, Socorro, Teu Inglês, Burros e Oceanos ...).
Os belos delírios líricos do cinema do italiano podem ser percebidos como influência nas letras de sobretons surrealistas e românticos do poeta de mão cheia que é Cadão Volpato e nos belos e criativos arranjos e canções de Thomas Pappon.
Um evento que recupera duas obras de importância seminal, para o cinema mundial e para a boa música pop brasileira.
fonte: divulgação

terça-feira, 18 de maio de 2010

Laranja Freak - Pegando Fogo (Video Clip)

Já que os caras tocam na quarta-feira lá no Beco uma ótima oportunidade pra mostrar esse clipe que ficou muito legal. Laranja Freak, jovem-guarda-from-hell, Pegando Fogo.

Essa É A Boa Pra Hoje

Com Laranja Freak, Severo Em Marcha e Astronauta Pinguim.

Ciclo de Cinema de Porto Alegre

Para os próximos domingos, e adianta reclamar dizendo que publiquei atrasado porque também recebi o material atrasado. Antes tarde que mais tarde.
"O Ciclo de Cinema de Porto Alegre ( www.ciclocinemapoa.blogspot.com ) exibe a produção independente de curtas-metragens nacionais, apresentando novos cineastas e vertentes estéticas diferenciadas, pretendendo fazer um apanhado do audiovisual e criar um diálogo entre realizador-público. A cada mês teremos um tema variado, sendo esse discutido ao longo das semanas.Para o primeiro mês, teremos um paralelo entre produções de diferentes estados e estilos, trazendo em pauta a discussão: como se faz cinema hoje no Brasil. Contaremos com a presença dos realizadores, falando sobre suas jornadas e pensamentos sobre o futuro do audiovisual, num debate realizado após a sessão.
1º CICLO - MÊS DE MAIO
CASA DE TEATRO (RUA GARIBALDI, 853) 18H30
16/05 - CARLOSMAGNO - Grande nome da videoarte brasileira, trazendo filmes como ?Andrômeda a menina que fumava sabão?, ?Antônio D? e ?Analogia do Verme?.
23/05 - SPOLIDORO LADO B - apresenta sua produção ?lado b?, falando sobre o início de sua carreira e o contexto no Rio Grande do Sul.
30/05 - DANIEL MARVEL - diretor do premiado ?Porcos não olham para o céu? e ?O que você faria com um milhão de reais?, filme rodado no sertão da Paraíba, nos conta sobre sua trajetória
06/06 - MY GENERATION - apresentamos os jovens realizadores da cidade de Porto Alegre, com os filmes ?Sebo? de Lucas Cassales e Alexandre Kumpinski, ?Quarto de Espera? de Davi Pretto e Bruno Carboni e ?Bengalas? de Paula Martins.
INICIATIVA - Bibiana M. Kasper e Paula Martins em parceria com a Casa de Teatro de Porto Alegre
APOIO - Sofá Verde Filmes"
fonte: divulgação

quinta-feira, 13 de maio de 2010

LIMITES ENTRE O REAL E A FICÇÃO SÃO TEMA DE MOSTRA NA USINA DO GASÔMETRO


A Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre inaugura em 13 de maio, quinta-feira, o evento Maior que a Vida: A Realidade à Sombra a Ficção, que reúne trabalhos em fotografia e vídeo de três dos mais importantes artistas contemporâneos em atividade: o canadense Jeff Wall, o norte-americano Philip-Lorca DiCorcia e o coletivo Ant Farm (também dos Estados Unidos), formado pelos arquitetos Doug Hall, Chip Lord, Doug Michels e Jody Procter, a serem expostos na Galeria Iberê Camargo, no andar térreo da Usina do Gasômetro. Paralelamente à exposição na Galeria Iberê Camargo, a Sala P. Gastal (no 3º andar da Usina do Gasômetro) realiza no período de 13 a 27 de maio a mostra Mais Real que a Ficção, com uma seleção de 14 filmes que embaralham os registros documentais e ficcionais, levando o espectador a questionar seus conceitos de realidade e representação. Entre os títulos selecionados estão desde obras clássicas como Verdades e Mentiras (o último filme dirigido por Orson Welles) a produções recentes como Sinédoque, Nova York, de Charlie Kaufman, e Valsa com Bashir, de Ari Folman.

O evento foi especialmente concebido pela CCVF para propor uma reflexão sobre a sobreposição das noções de realidade e ficção na contemporaneidade – e mais particularmente ainda no campo da representação fotográfica e audiovisual. Segundo o Coordenador de Cinema, Vídeo e Fotografia da SMC, Bernardo José de Souza, “este paradoxo está explicitado numa seleção de obras que trabalham ambos os registros, tornando a defesa de esferas autônomas para os universos reais e imaginários uma recusa ao enfrentamento de um mundo cujo sentido se vê permanentemente adensado pela coexistência de tempos e de realidades paralelas”. Souza ressalta ainda a importância de Porto Alegre estar recebendo pela primeira vez uma exposição de três ícones da arte contemporânea, Jeff Wall, Philip-Lorca DiCorcia e Ant Farm.



Exposição Galeria Iberê Camargo

13 de maio a 17 de junho de 2010

Jeff Wall

Nascido no Canadá, em 1946, Jeff Wall é um dos maiores nomes da fotografia contemporânea, além de um respeitado ensaísta e estudioso das artes, e já mereceu exposições individuais em instituições de prestígio, como o MoMA de Nova York e a Tate Gallery, em Londres, tendo lecionado por muitos anos na Universidade de British Columbia.

Mais conhecido por suas ampliações em transparência (light boxes) de grandes dimensões, Wall frequentemente alterna realidade e ficção em seus registros, criando por vezes fotografias altamente elaboradas, que podem envolver atores, cenários e mesmo efeitos especiais, e por outras, imagens que retratam a paisagem e cenas da vida urbana. Suas composições estudadas (as quais ele chama de “cinematográficas”) mesclam-se às documentais, pondo em questionamento os limites da representação fotográfica e confundindo o espectador quanto à veracidade das cenas a sua frente.

As imagens em exibição na Galeria Iberê Camargo apresentam situações de rua e naturezas mortas que contrapõem as noções de realidade e ficção na representação fotográfica contemporânea.


Philip-Lorca DiCorcia

Fotógrafo norte-americano, nascido em 1951, Philip-Lorca DiCorcia vive em Nova Iorque e leciona na Universidade de Yale, onde obteve o título de Mestre em Artes Visuais. Ao longo das últimas décadas, ganhou grande prestígio por suas imagens que misturam luz natural e artificial, bem como apresentam personagens reais em situações pré-concebidas. Em uma de suas séries mais aclamadas, ele fotografa garotos de programa californianos em frente a restaurantes de beira de estrada, emprestando dramaticidade cinematográfica ao registro documental. Em outra vertente de seu trabalho, DiCorcia esconde flashes nas ruas das grandes cidades para fotografar pedestres inadvertidamente em snapshots elaborados.

A série que Porto Alegre recebe em primeira mão, Lucky Thirteen, apresenta pole dancers (dançarinas de boate) em poses extraordinárias sob uma iluminação que as congela no ar e as imortaliza, transformando essas mulheres reais em verdadeiros ícones do desejo contemporâneo, em uma ode à beleza que remete ao estatuário greco-romano.

Ant Farm
Fundado em 1968, em São Franscisco, este coletivo de arquitetos (Doug Hall, Chip Lord, Doug Michels e Jody Procter) definia-se como “uma agência de arte que promove ideias sem potencial de mercado, mas que são importantes veículos de introspecção cultural”. Além dos trabalhos em arquitetura, o grupo celebrizou-se por suas performances, como aquela em que um automóvel irrompe numa parede de televisores em chamas, e por sua land art conhecida como Cadillac Ranch, uma instalação de 10 automóveis da marca enterrados pela metade em um rancho no Texas, aberto à visitação pública.

A obra em exibição na galeria Iberê Camargo, The Eternal Frame (1975), é o vídeo que reconstitui à perfeição o assassinato do presidente J. F. Kennedy em Dallas, em um conversível, ao lado da primeira-dama americana Jackie Kennedy. A cena explorada pelos meios de comunicação, e recriada em detalhe pelo grupo, parte de um episódio marcante na história mundial para discutir o próprio papel da mídia e da representação audiovisual.


Mostra “Mais Real que a Ficção”
Sala P. F. Gastal

13 a 27 de maio de 2010

Sinopses dos Filmes

Valsa com Bashir (Vals im Bashir), de Ari Folman (Israel/França/Alemanha, 2008, 90 minutos)
Cineasta israelense que participou da invasão do Líbano em 1982 entrevista seus companheiros de batalha, neste impactante documentário de animação autobiográfico. Exibição em 35mm.

Verdades e Mentiras (F for Fake), de Orson Welles (França/Irã/Alemanha, 1973, 85 minutos)
Último filme dirigido por Orson Welles, o mítico diretor de Cidadão Kane, aqui embaralhando documentário e ficção para retratar um grupo de falsificadores famosos. Exibição em DVD.

Sinédoque, Nova York (Synecdoche, New York), de Charlie Kaufman (EUA, 2008, 124 minutos)
Um diretor de teatro tenta construir uma réplica em escala real de Nova York em um armazém, como cenário de seu novo espetáculo. Exibição em 35mm.

Programa Curtas Brasileiros
Videocabines São Caixas Pretas, de Sandra Kogut (Brasil, 1990, 10 minutos)
Figuras anônimas dão depoimentos, atuam ou realizam performances em cabines individuais, instaladas em locais públicos do Rio de Janeiro. Exibição em DVD.
Lá e Cá, de Sandra Kogut (Brasil, 1995, 29 minutos)
O cotidiano de Tuquinha Batista (Regina Casé) no subúrbio do Rio de Janeiro, enquanto faz planos de morar na Zona Sul. Belo misto de documentário e ficção, em que Regina Casé contracena com personagens reais. Exibição em DVD.
Heróis da Decadênsia (sic), de Tadeu Jungle (Brasil, 1987, 35 minutos)
Como um Sacha Baron Cohen avant la lettre, Tadeu Jungle mistura jornalismo, documentário e ficção para retratar o Brasil do final dos anos 80. Exibição em DVD.
Iracema, uma Transa Amazônica, de Jorge Bodanzky e Orlando Senna (Brasil, 1975, 90 minutos) Alternando documentário e ficção, o filme acompanha as andanças da jovem índia Iracema e do motorista Tião pelo interior da Amazônia. Rodado em 1974, o filme foi proibido pela censura, sendo lançado somente em 1982. Exibição em DVD.

O Show de Truman (The Truman Show), de Peter Weir (EUA, 1998, 103 minutos)
Homem descobre que desde o seu nascimento é personagem de um gigantesco e cruel “reality show”. Exibição em DVD.

Brüno, de Larry Charles (EUA, 2009, 81 minutos)
Após ser demitido, repórter de moda austríaco vai viver nos Estados Unidos, entrando em contato com o conservadorismo da América profunda. Depois de Borat, o ator Sacha Baron Cohen usa outro personagem ficcional para documentar a realidade americana. Exibição em 35mm.

Zelig, de Woody Allen (EUA, 1983, 79 minutos)
Falso documentário sobre Leonard Zelig (Woody Allen), homem camaleão que ficou famoso nos anos 20, por sua capacidade de adquirir as características físicas de qualquer um de quem se aproximasse. Exibição em DVD.

Os Olhos da Cidade São Meus (Angustia), de Bigas Luna (Espanha, 1989, 89 minutos)
Os espectadores de um filme de horror sobre assassino que age numa sala de cinema começam a ter o mesmo destino dos personagens projetados na tela. Um delirante estudo sobre o poder hipnótico do cinema, no qual o diretor espanhol Bigas Luna faz a violência nas telas confundir-se com os acontecimentos da vida real. Exibição em DVD.

Festim Diabólico (Rope), de Alfred Hitchcock (EUA, 1948, 80 minutos)
Para provar sua superioridade intelectual, dois estudantes universitários estrangulam um colega de classe. Pioneira tentativa do diretor Alfred Hitchcock de rodar um filme sem cortes, realizando um falso plano-sequência em que recria o célebre crime dos estudantes universitários Leopold e Loeb. Exibição em DVD.

Vôo United 93 (United 93), de Paul Greengrass (EUA/França/Inglaterra, 2006, 111 minutos)
Em tempo real, o diretor Paul Greengrass recria as dramáticas horas finais no interior de um dos aviões sequestrados por terroristas em 11 de setembro de 2001. Exibição em DVD.

Canibal Holocausto (Cannibal Holocaust), de Ruggero Deodato (Itália, 1980, 95 minutos)
Equipe de documentaristas tem destino trágico ao buscar registrar os hábitos de uma tribo de índios canibais. Polêmico filme do diretor italiano Ruggero Deodato, que chocou as plateias com suas violentas sequências de crueldade animal. Exibição em DVD.


GRADE DE HORÁRIOS

13 a 16 de maio de 2010

Brüno

14 de maio (sexta-feira)

15:00 – Valsa com Bashir

17:00 – Sinédoque, Nova York

20:00 – Projeto Raros Especial (Canibal Holcausto)

15 de maio (sábado)

15:00 – Valsa com Bashir

17:00 – Brüno

19:00 – Sinédoque, Nova York

16 de maio (domingo)

15:00 – Brüno

17:00 – Valsa com Bashir

19:00 – Zelig

18 a 23 de maio de 2010

18 de maio (terça-feira)
15:00 – O Show de Truman
17:00 – Brüno
19:00 – Sinédoque, Nova York

19 de maio (quarta-feira)
15:00 – Valsa com Bashir
17:00 – Iracema, uma Transa Amazônica
19:00 – Programa Curtas Brasileiros

20 de maio (quinta-feira)
15:00 – Zelig
17:00 – Vôo United 93




21 de maio (sexta-feira)

15:00 – Brüno

17:00 – Os Olhos da Cidade São Meus

19:00 – Sinédoque, Nova York





22 de maio (sábado)

15:00 – Brüno

17:00 – O Show de Truman

19:00 – Valsa com Bashir





23 de maio (domingo)

15:00 – Valsa com Bashir

17:00 – Verdades e Mentiras

19:00 – Sinédoque, Nova York







25 a 27 de maio de 2010





25 de maio (terça-feira)

15:00 – Iracema, uma Transa Amazônica

17:00 – Zelig

19:00 – Verdades e Mentiras





26 de maio (quarta-feira)

15:00 – Programa Curtas Brasileiros

17:00 – Os Olhos da Cidade São Meus

19:00 – Festim Diabólico





27 de maio (quinta-feira)

15:00 – Zelig

17:00 – Iracema, uma Transa Amazônica

19:00 – Vôo United 93

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Projeto CCOMA no Zarabatana Café

Segue divulga segue galera buena de Caxias.

"O Projeto CCOMA fará seu set lounge, típico das domingueiras do Zarabatana.
E dando continuidade às propostas de integração entre os músicos participantes do projeto Música é o som que se ouve, a cantora e compositora Camila Cornutti fará partipação especial.
Camila Cornutti integra a coletânea com a música 'Te quero saber' e apresentará algumas de suas composições.



Projeto CCOMA - O som das montanhas do Sul do Brasil
Quando: DOMINGO 16/05/10 18h
Onde: Zarabatana Café
Rua:Luis Antunes,312 Caxias do Sul/RS
Quanto: Entrada Franca
Participação especial: Camila Cornutti

O Estranho e A Jornalista - 02 de janeiro de um ano qualquer

O barulho das ondas acordou O Estranho na areia quente. Os passarinhos nos fios elétricos refletiam seus olhos tristes. Ele estava em outro mundo e todas as paranóias estavam difíceis de alcançar. Absorvido pela ilusão e imaginação sobre A Jornalista, O Estranho vagava pela areia, pensava em qualquer redação de jornal ou revista que Ela poderia estar. Ela era sua história agora, um dia após o outro. Acreditou estar em união total com alguma coisa no espaço que ainda iria descrever.

____________________________________________________________________________________

05 de janeiro
O Estranho volta para Porto Alegre, ele mora no bairro Petrópolis num apartamento velho.

(Do livro O Estranho e A Jornalista - Flora Dutra)

terça-feira, 11 de maio de 2010

Ataque ao Império

Mais um evento noventista e o corja.net envolvido na parada. Nesta quinta-feira 13 de maio, dia de Preto Véio, tem Império da Lã Classic Albuns tocando o disco de estréia do Rage Against The Machine. Um petardo no meio da cara do sistema, o mais rap dos discos de hardcore e o mais hardcore dos discos de rap. Música, discurso e ação sincronizados num só movimento de guerrilha contra à máquina.
Na abertura o show da The Dancing Demons subvertendo o metal e a música negra brasileira, o divino e o profano numa festa pagã.
Deixo aqui a divulgação do evento e mais um vídeo do RATM pra ir esquentado.



O Império

da



Apresenta: Classic Albums

20ª Edição: Rage Against The Machine

no Beco, dia 13/05/2010

Abertura: The Dancing Demons
Comemorando sua vigésima edição, a festa Império da Lã apresenta: Classic Albums homenageará uma das bandas mais influentes e polêmicas dos saudosos anos 90: RAGE AGAINST THE MACHINE. E será o disco de estreia de Zach de La Rocha e companhia, homônimo, que vai ser perfilado na íntegra e na ordem no palco do Beco, às 23hs da quinta-feira dia 13/5.

Com suas letras de protestos, em prol dos menos afortunados e as técnicas únicas do guitar hero Tom Morello, o RATM marcou seu nome na história da música moderna com sua mescla de Hip Hop, Funk, Rock e Heavy Metal.

Para homenagear hits como "Killing In The Name" e "Bombtrack", o Império da Lã reunirá no palco do Porão do Beco os integrantes Carlinhos Carneiro (Bidê ou Balde), Chico Bretanha (Groove James), Pedro Petracco (Cartolas), Guri Assis Brasil e Guilherme Almeida (Pública), Jojô Lala (Volantes) e Pedro Porto (Ultramen), além de convidados mais que especiais como Domício Grillo, Cristopher Bertoni e Leonardo Brawl.

A abertura da noite fica por conta da The Dancing Demons, capitaneada pelo recém citado mestre Grillo, e responsável por um som único, que eles chamam de Afro-Metal, criada a partir de uma pesquisa sobre ritmos e mitologia afro-brasileira, com influência de musica percussiva brasileira de Naná Vasconcelos e funk-rock-metal anos 90 tipo Body Count e Living Colour. Saca lá o myspace deles ó: http://www.myspace.com/thedancingdemons

SERVIÇO:

O QUÊ: Império da Lã apresenta: Classic Albums – Rage Against The Machine, Rage Against The Machine – Abertura: Dancing Demons
ONDE: Porão do Beco - Independência, 936 – de fronte ao Teatro da Ospa
QUANDO: Quinta-Feira, dia 13 de maio. 23 hs.
QUANTO: R$18,00 (ou R$ 12,00 para quem levar agasalhos para ajudar na Campanha do Agasalho Império da Lã 2010 ou colocar o nome na lista do site www.beco203.com.br )
fonte divulgação

sexta-feira, 7 de maio de 2010

terça-feira, 4 de maio de 2010

OEstranho E A Jornalista - 01 De Janeiro de Um Ano Qualquer


Ele era alto, magro, pele clara, e usava óculos. Ninguém sabia o seu nome. Era conhecido como ‘O Estranho’. Ele caminhava pela praia de Torres. Estava sozinho acompanhado de uma garrafa de vodka - estava sempre sozinho. Ele parou e deitou na areia, mas não conseguiu dormir, bebeu a vodka morna. Ele pensava nos acontecimentos da noite anterior. O que mais impressionava era seu comportamento depressivo. Tinha presente a solidão. Ele decidiu que sua conduta ao amanhecer seguiria quieta e empenhada em descobrir quem era a figura feminina que lhe chamou atenção em um vestido preto e branco.
O Estranho adormeceu na areia e sonhou com a mulher. Era uma jovem Jornalista frustrada. Ela não tinha conseguido concluir o mestrado em sociologia política devido ao seu atraso de raciocínio, provavelmente causado por ingestão de grandes quantidades de maconha e anfetaminas. Mas no sonho Ela parecia sensível, uma mulher que se podia confiar. Os melhores amigos da Jornalista eram roqueiros que despontavam nas rádios da capital gaúcha. Eles pareciam um tanto deprimentes, sempre com cigarros na boca, bebidas e algumas drogas.
Do livro O Estranho E A Jornalista - Flora Dutra
Ilustração Daniel Costa

LéoLapalooza

Amigos de São Leo em ação e barulho.
SEXTA-FEIRA (07/05)

Embaixada do Rock (Rua Presidente Roosevelt, 806 - centro -São Leopoldo - RS) às 23 hs.

Será a primeira edição do Festival Léolapalooza, com shows de 4 das bandas mais barulhentas do RS: Loomer, Telecines, Viana Moog e Hey Jack! Discotecagem: Léo Serafini e XingoO ingresso na hora custa R$ 12,00 Mas vc pode garantir desconto na entrada, colocando seu nome na lista de desconto no Orkut:http://bit.ly/bbL506

Info sobre as bandas:




fonte: divulgação

Valentinos Lançando Valente

Lançamento do primeiro e belo cd da Valentinos que traz encartado um documentário bem legal também. Segue aí a divulgação do pessoal.
"No próximo dia 06 de maio, QUINTA-FEIRA, subirá ao novo palco do Beco a banda que se destacou no cenário do rock gaúcho em apenas dois anos de formação. A Valentinos foi considerada a banda revelação do rock em 2009 pela grande imprensa.

A banda, composta por cinco jovens roqueiros, sobe ao palco mais uma vez para dar o melhor de si em um show carregado de energia e belos refrões, mas dessa vez por um motivo especial: apresentar aos fãs e ao público o seu primeiro álbum gravado em estúdio, masterizado na Carolina do Norte/EUA e lançado pela Beco 203 Discos, intitulado Avante. O disco, produzido por Ray-Z, foi gravado em 2009 e além de 11 belas canções, traz como conteúdo interativo um curta-metragem documental que mostra os bastidores da gravação do disco, contando a história da banda de uma forma descontraída e bem-humorada.

Singles bem recebidos pelas rádios e pela crítica, shows nas maiores casas e eventos do estado e participações nos mais importantes festivais do cenário musical geraram frutos que agora são colhidos pela banda. As influências do rock britânico mais claramente das bandas dos anos 80' e 90' de Manchester, explodem em um disco cheio de canções que honram a expressão “fúria pop”, como certa vez a banda foi considerada.

Junto à festa de lançamento, na quinta-feira, a partir das 23h, estarão representando o que a de melhor quando se trata de discotecagem: os DJs Pancho [Rádio Ipanema], Gabriel Machuca e Dani lacet, ambos residentes da casa. A festa ainda conta com o apoio da rádio Ipanema.

Todos estão convidados a porem seus nomes na lista e o nome dos "broders" de longas noites de festa e tragos homéricos! "

www.valentinos.com.br

Show de lançamento oficial do disco AVANTE, da banda Valentinos
Quinta, 06 de maio de 2010, 23h
Nome na lista e paga R$10
Sem nome R$ 12
http://www.beco203.com.br/views/agenda.php?id=750

Beco - Independência, 936

fonte: divulgação

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Alex Hornest até 20 Junho Museu do Trabalho

Mais uma expo legal no Museu do Trabalho.


Momentos de lazer em uma prisão sem muros

pinturas e instalação

de

Alex Hornest
Abertura nesta quarta, 28 de abril, às 19 horas

O tempo se torna um grande inimigo quando queremos nos ver livres de alguns
compromissos e obrigações. A rotina domina o dia a dia e tudo o que desejamos vira
obsessão. Nas grandes Metrópoles é quase impossível encontrar paz e lazer. É muita
agitação, cobranças, a corrida pelo o que se almeja... os raros bons momentos
são apenas imposições da sociedade. Divertir-se é mais uma pré-disposição dentro
de um número de obrigações diárias. São poucos os que nadam contra essa
corrente e buscam desfrutar da vida dentro dessa prisão sem muros.

29 de abril a 20 de junho de 2010

www.alexhornest.com



apoio:

ArteLux
Bella Vista Molduras
BD Divulgação
Bilhar Porto Dez
GlobalArte
Via Imperatore Restaurante
Vinhos Salton

Funkalister - Tem Coragem? Ao Vivo Ocidente 10/12/09

Não pare o funk que eu quero dançar, como diria o mestre Thaíde. Então o baile segue.
Mais uma da série baile de moreno, show da Funkalister no final do ano passado. Os caras tocaram novamente no Ocidente, mas foi exatamente no dia e horário do show da Móveis Coloniais de Acaju. Publiquei os vídeos da Móveis agora segue o baile com a Funkalister, e que baile mermão.
E não precisava mas vou dizer: mais videos em www.youtube.com/corjatv


imagens Domicio Grillo

domingo, 2 de maio de 2010

Orquestra Contemporânea de Olinda - James Bond Theme

Segue o baile, literalmente.
Um dos shows mais dançantes do ano passado foi o da Orquestra Contemporânea de Olinda. Ritmos tradicionais de Pernambuco, reggae, ska, manguebeat ,uma pegada pop com muita energia positiva, principalmente de Gilú idealizador do projeto e excelente percussionista.
Orquestra Contemporânea de Olinda é a transmutação da tradição necessária para que ela sobreviva. Os puristas dirão o contrário. Mas purista pra mim é o cara que não mistura nada à sua cachaça. Nessa eu tô! Um martelo purista pra entrar na vibração do som, se for uma pinga de Pernanbuco melhor ainda.
Orquestra em Porto Alegre parafraseando Skatalites com o tema de James Bond, com muita propriedade diga-se de passagem.


Mais vídeos de Orquetra Contemporânea de Olinda em Porto Alegre no www.youtube.com/corjatv