domingo, 29 de março de 2009

Solta Uma Ampola do Diurético Pro Obama




















Baita sacada do Sandro Menezes (http://planonove.blogspot.com).
Esse lance de retrô por vezes acerta resgatando grandes figuras, às vezes até esquecidas por nós.
O grande Kid Mumu da Mangueria, Mussa ou apenas Mussum e´mais lembrando por seu trabalho no grupo cômico Os Trapalhões, mas o cara fez parte de um dos mais originais (redundante disser isso) grupos de samba que pintaram por aí Os Originais do Samba.
Crossover total, o grupo reinventava o samba tocando clássicos do estilo, eles regravaram muitas músicas de Adoniram Barbosa por exemplo, e fazendo um partido-alto muito maluco pra época (década de 70 auge da banda).
O nome Originais Do Samba não era à toa, até melodias com influência da então chamada discoteque, apareciam nas composições do grupo. Com o resgate, ou volta, ou a continuidade do samba-rock o grupo voltou a ser referência pros apreciadores do ritmo. Referência bem clara está nos primeiros albuns do Art Popular. Banda que pintou como grande inovadora do samba, mas que acabou na mesmice do mercado. Porém os dois primeiros discos do Art valem, e muito, serem escutados até ragga e rap rolava no samba nos caras.
A veia cômica dos Originais, óbvio, vem com a cara do Mussum. Dá uma sacada nesse "clipe" produzido pelo Fantástico. Esse som rolava em todos os aniversários lá na maloca, aqui na minha maloca também, mas agora em cd e não mais no vinil que eu curtia tanto a capa quanto a música.

3 comentários:

Milene disse...

Bah, sou obrigada a confessar que só recordo do Mussum como humorista mesmo, mas o nome Originais do Samba não me é estranho aos ouvidos, but, vivendo e aprendendo. ^^

Domício Grillo disse...

Corja é culturis!!

Milene disse...

hahaha... eu sei!!