sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal, Pra Quem É De Natal

Faço minhas as palavras do amigo Gabriel Renner:

Desejo a todos um belo Natal,
e que entre toda a festa e comilança,
deixem florescer o real sentimento
de humanidade e zelo ao próximo

Abraço!
Gabriel Renner
....................................................................
www.estudiopinel.com
filosofia de buteco e
sociologia de cadeia

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Compartilhando com a minha corja os desejos natalinos de outro site bacana o http://www.chiqsland.com/

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Fim de Semana dus Demonho!

Fechando a conta deste ano a Dancing Demons faz duas apresentações ao ar livre e com entrada franca. A primeira acontece no sábado, 18/12 ,no evento cultural deste mês do Movimento Viva Gasômetro. Será ali na frente da Usina do Gasômetro na Praça Júlio Mesquita (praça do aeromóvel) se apresentam INI (banda de Sorocaba em turnê pelo RS), Fool Pax e Extra Muros, também rola a exibição dos curta metragens "Muita Calma Nesta Hora" de Frederico Ruas e "Aos Pés" de Zeca Brito. No domingo a "dancindemus" se apresenta no encerramento do Festival Metrô Rock, outra baita festa que acontece em São Leopoldo, juntamente com as bandas INI (óh os caras novamente), Auditiva, Bleff e Velocetts no Largo Rui Porto (Av. Dom João Becker, Centro – São Leopoldo). Ambas apresentações tem entrada franca, e claro pra fechar o ano, comemorar, esquecer as mazelas passadas, afogar a alegria e a tristeza muito groove/rock/cachaça/apito-de-sopro.
Pra sentir o clima vídeos desse dobradinha que se repete no final-de-semana Dancing Demons e INI.


Movimento Viva Gasômetro Neste Sábado

A partir das 18h tem shows com Dancing Demons, INI (Sorocaba), Fool Pax e Extra Muros, logo depois exibição dos curtas "Muita Calma Nessa Hora" de Frederico Ruas e "Aos Pés" de Zeca Brito.
Tudo de graça, tudo ao ar livre, tudo na praça Júlio Mesquita em frente à Usina Do Gasômetro (também conhecida como praça do aeromóvel)

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

RATOS DE PORÃO COMEMORA OS 20 ANOS DO ANARKOPHOBIA

Vivendo cada dia mais sujo e agressivo, é assim que se denomina o grupo punk paulista Ratos de Porão, que toca em Canoas nesta sexta-feira, dia 17, às 22 horas, no Studio Rock Bar (Av. Victor Barreto 3702, Canoas/RS). Será a única apresentação da banda em solo gaúcho, que prometem repetir o sucesso do ano passado.
Formada no inicio da década de 80, o Ratos de Porão dispensa qualquer apresentação, pois foi uma das primeiras bandas do mundo a unir o público punk e metal, quando fundiu os dois estilos em suas canções. São dezenas de materiais lançados no Brasil e exterior, fonte de inspiração para centenas de bandas.
A história da banda está retratada no documentário "Guidable: A verdadeira história do Ratos de Porão", lançado este ano em DVD. O mais recente trabalho é um LP junto com a banda espanhola Looking For An Answer, que traz algumas músicas inéditas e que certamente estarão no repertório da banda.
Além disso, o último show do B.I.L no ano ficará marcado pela comemoração dos 20 anos do lançamento do álbum Anarkophobia. Além de clássicos como "AIDS, pop, repressão" e "Beber até morrer", o grupo paulista tocará na íntegra todas as faixas que compõem o álbum lançado em 1990. O disco apresenta a banda numa fase de transição e registra o auge da fase "Crossover", com muita referência ao thrash metal feito na época.
O show, organizado pelo Coletivo B.I.L, ainda conta com a presença das bandas F.A.R.P.A., The Efficients e Change Your Life. Os ingressos antecipados podem ser adquiridos por R$ 25 nas lojas A Place e nas Back in Black, do shopping Total e Canoas. Na hora o valor será R$35.

SERVIÇO:
O quê? RATOS DE PORÃO [SP] + Change Your Life + The Efficients + F.A.R.P.A.
Quando? 17/12 - sexta-feira - 22 horas
Onde? Studio Rock Bar (Av. Victor Barreto 3702, Canoas/RS)
Quanto? R$25 antecipados nas lojas Back in Black do Shopping Total ou Canoas, e na loja Aplace. Na hora por R$35.
Informações? [51] 9649.4060 com Wender
fonte divulgação

SHOW COM A BANDA NOVENTERA


Las Locas Quartas Del Dr. Jekyll
Apresenta:
SHOW COM A BANDA NOVENTERA
...tocando clássicos do rock/pop dos anos 90

15 dezembro - quarta - 22 horas
Local: Dr. Jekyll
Travessa do Carmo 76 - Cidade Baixa - Porto Alegre/RS

Ingressos:
15 reais na hora
10 reais colocando o nome no site www.drjekyllbar.com.br

mulher não paga até as 23 horas

CEVA a R$4 ATÉ A MEIA-NOITE

Apoio:
DubStudio
www.dubstudio.com.br

the!cut (cabelos)
9268.6649

Rocker Regulagens

Prego Produtora

PressxPress

----------------

Release NOVENTERA:

Um time formado por músicos de algumas das bandas mais importantes do cenário independente gaúcho está lançando seu novo projeto. Clauss Pupp (vocal), Pedro Porto (baixo), Nando Endres (guitarra), Ray-Z (guitarra), Fergs (vocal) e Marcos Rubenich (bateria) fazem o seu segundo show com a banda Noventera no dia 15 de dezembro, no Dr. Jekyll.
Como o nome do grupo já sugere, o objetivo é reverenciar os anos 90, uma das décadas mais prolíferas da história do rock.
O repertório será formado inteiramente por pérolas de bandas como Red Hot Chilli Peppers, Pixies, Elastica, Beck, Cake, Smashing Pumpkins, Supergrass e Sonic Youth além das nacionais Júpiter Maçã e Raimundos, entre outras. Para dar uma ideia do que vai rolar, basta citar hits como Song 2 (Blur), Cannonball (Breeders), Groove is in the heart (Deee Lite) e Buddy Holly (Weezer).
O projeto de montar uma banda voltada aos anos 90 foi amadurecido pelos seus integrantes ao longo de vários meses. Para os músicos, é uma oportunidade de tocar com os amigos, relembrar a noite noventista e reverenciar bandas que são uma influência sempre presente nos trabalhos musicais de cada um. Pedro Porto atualmente toca na Bidê ou Balde e é ex-baixista da Ultramen, Pedrada Afú e Good Morning Kiss. Clauss Pupp é vocalista da Supergatas e foi baterista d’Os Massa. Marcos Rubenich toca na Walverdes e também na Bidê ou Balde, e já tocou com Wander Wildner. Nando Endres é baixista da Comunidade Nin-Jitsu. Fergs é vocalista d' A Red So Deep. Ray-Z, a última "contratação" do grupo, já tocou com a Tom Bloch, Detetives, entre outras, além de ser um requisitado produtor musical.

fonte divulgação

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Além do Espetáculo Que a Tv Mostra

Estão abertas até 29 de dezembro de 2010 as inscrições para o Prêmio Açorianos de Música 2010.

As fichas, incluindo CDs ou DVDs, devem ser entregues à Coordenação de Música da Secretaria Municipal da Cultura, na sala 606 (6ºandar) da Usina do Gasômetro (Av. Presidente João Goulart, 551), de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h.
Informações, Ficha de Inscrição e Regulamento
No site da Secretaria Municipal da Cultura (www.portoalegre.rs.gov.br/smc).
link direto (http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smc/default.php?reg=166&p_secao=184).
Mais informações podem ser obtidas pelos fones (51) 3289-8119 e (51) 3289 8153, ou pelo e-mail cm@smc.prefpoa.com.br.


COMO FUNCIONA?
Pode ser inscrita toda produção musical gaúcha dentro dos padrões de qualidade e de produção industrial comprovadamente lançada e/ou divulgada em Porto Alegre durante o ano de 2010.
Em cada Gênero da Categoria Disco (Pop & Rock, MPB, Regional, Erudito, Instrumental, Rap, Reggae e Blues/Jazz), são premiados compositor, intérprete, instrumentista e disco (no gênero musical rap, a categoria melhor instrumentista será substituída pelo melhor DJ).
Independente de gêneros, também são premiadas as categorias DVD do Ano, Espetáculo do Ano, Homenageado do Ano, Arranjador, Projeto Gráfico, Disco do Ano, Revelação do ano, Melhor Disco Infantil, Produtor Musical, Produtor Executivo e Menções Especiais, definidas pelo grande júri.
A cerimônia de entrega da premiação acontece em abril de 2011.


O QUE É NECESSÁRIO PARA INSCRIÇÃO?
Na Categoria Disco
- 3 exemplares do CD
- Material que comprove apresentação/divulgação
- Ficha de inscrição (retirada e preenchida no ato da inscrição ou no site da SMC)

Na Categoria DVD
- 24 exemplares do DVD (sendo 21 por empréstimo e devolvidas após a premiação, 3 não serão devolvidas integrando o acervo da Coordenação de Música).
- Ficha de inscrição (retirada e preenchida no ato da inscrição ou no site da SMC)

Na Categoria Espetáculo
- 24 cópias do registro audiovisual do show. (sendo 21 por empréstimo e devolvidas após a premiação, 3 não serão devolvidas integrando o acervo da Coordenação de Música).
- Ficha de inscrição (retirada e preenchida no ato da inscrição ou no site da SMC)


CRONOGRAMA DO PRÊMIO
Novembro de 2010Publicação do Edital.
Dezembro de 2010Divulgação e nomeação dos integrantes da Comissão Julgadora
Janeiro e Fevereiro de 2011Reuniões da Comissão Julgadora
Março de 2011 - Divulgação dos Indicados na Categoria Disco
- Reuniões da Comissão Julgadora.
Abril de 2011- Divulgação dos Indicados nas Categorias: DVD, Espetáculo, Melhor Disco Infantil, Arranjador, Produtor Musical, Produtor Executivo, Projeto Gráfico, Revelação do Ano.
- Reuniões da Comissão Julgadora.
- Solenidade de entrega dos Prêmios
---
tel. (51) 3289 8119
e-mail: cm2@smc.prefpoa.com.br
site: www.portoalegre.rs.gov.br/cultura
Endereço: Centro Cultural Usina do Gasômetro
Av. Pres. João Goulart, 551, sala 606 - 6º andar.
CEP 90010-120
---
DIVULGAÇÃO
Coordenação de Música

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Damn Laser Vampires fazendo seu último show do ano


Sábado, 11 de dezembro:
Damn Laser Vampires fazendo seu último show do ano!
Jack Rabbit Bar & Bilhar
Av. Flores da Cunha, 393, parada 47 de Cachoeirinha
a partir das 23h
R$10

Festival Metrô Rock de 11 a 19 de Dezembro


Release:
Metrô Rock é a mais nova rede formada por coletivos de produção cultural da região metropolitana do Rio Grande do Sul. Integra os coletivos: Feitoria do Linho Cânhamo de São Leopoldo, Tomada Rock de Esteio, SOMA de Porto Alegre, assim como parcerias do coletivo BIL, projeto Muito Além, jornalistas, coberturas colaborativas, empresários, agentes culturais, associações de moradores, grupos de economia solidária, entre outras redes... A ideia é abranger ao máximo todas as conexões possíveis dentro da cadeia produtiva da cultura.
O lançamento oficial dessa rede ocorreu em Julho/2010. De lá para cá foi proposto um circuito itinerante de shows que percorreram as cidades de São Leopoldo, Canoas, Esteio e Porto Alegre. Também garantiu participação da rede junto ao Festival Morrosotock e Congresso Fora do Eixo em Ubrerlândia (MG).
A rede Metrô Rock possibilita a interação entre os representantes que constroem e fomentam alguns caminhos para a música independente na região metropolitana.
Os objetivos centrais do Metrô Rock vão para além de ações como a produção de shows, há um foco mais macro que pretende construir múltiplos projetos que perpassem e mobilizem toda essa cadeia produtiva. A rede facilitará a circulação de artistas e produtos; propiciará a troca de conhecimentos entre os participantes, criando uma ampla sistematização das tecnologias culturais elaboradas coletivamente.
O festival ocorrerá entre os dias 11 e 19 de dezembro percorrendo todas as cidades de Porto Alegre a São Leopoldo. O cronograma é repleto de uma programação que além de shows, irá contemplar as artes integradas, como o cineclub, teatro, intervenções visuais, oficinas (rádio, fanzines e TV) e debates.

Acompanhe a programação completa no blogger http://www.redemetrorock.blogspot.com/

Júnior Garcia
Núcleo de Planejamento Coletivo Cultural Feitoria do Linho Cânhamo
Rede Metrô Rock
BLEFF
Fora do Eixo

FONE: 51 84122532
________

Programação Festival METRÔ ROCK
de 11 à 19 de Dezembro/2010:

11/12 – Coquetel de Lançamento do Festival e Debate Cultural (Tema: A cultura independente na região metropolitana).Local: Atelier Subterrâneo (Av. Independência, 745 – Porto Alegre).
17h
Entrada franca com inscrições limitadas.
(Inscrições através do formulário on-line http://www.redemetrorock.blogspot.com)
_____

12/12 – Metrô Rock na Praça
Bandas: Pupilas Dilatadas, Sistema de Mentiras, Cala a Boca Zebedeu, The Efficients, TSF, You Lose, Nunca Mais e Change Your Life.
Local: Praça Coração de Maria (Centro – Esteio).
15h
Entrada Franca.
_____

13/12 – Oficina: FanZine com Daniel Villaverd e show no “aquário” com Devisionsex.
Local: Elton Pradi Stúdio (R. Marques do Herval, 979, Bairro: Centro – São Leopoldo)
20h
Entrada franca com inscrições limitadas.
(Inscrições através do formulário on-line http://www.redemetrorock.blogspot.com)
_____

14/12- Oficina: Orientação Musical com Máfia Produções.
Local: Eclipce Estúdio Bar (R. Joaquim Nabuco, 1240, Cidade Baixa – Porto Alegre)
18h
Entrada franca com inscrições limitadas.
(Inscrições através do formulário on-line http://www.redemetrorock.blogspot.com)
_____

15/12 – Rock nos Trilhos
17h - Estação Mercado / Porto Alegre - Show com Catavento de Bolso e intervenção teatral.
18h – Estação Esteio - Show com Fio Desencapado e intervenção teatral.
19h – Estação São Leopoldo - Show com Os Vespas e intervenção teatral.
Entrada Franca.
_____

16/12 – Oficina: Técnica de Produção Musical.
Local: UNIFIN (Av. Sertório, 253, Bairro: Navegantes – Porto Alegre)
15h
Entrada franca com inscrições limitadas.
(Inscrições através do formulário on-line http://www.redemetrorock.blogspot.com)
_____

16/12 – Oficina: Rádio com Putzgrila.
Local: Auditório Pe. Roque Lauschner do Círculo Operário Leopoldense (R. 1º de Março, 776, Bairro: Centro – São Leopoldo)
19h
Entrada franca com inscrições limitadas.
(Inscrições através do formulário on-line http://www.redemetrorock.blogspot.com)
_____

17/12 – Oficina: Produção Cultural com Grazi Calanzas.
Local: Casa de Cultura de Esteio (Rua Eng.Hener de Souza Nunes, 150)
18h
Entrada franca com inscrições limitadas.
(Inscrições através do formulário on-line http://www.redemetrorock.blogspot.com)
_____

17/12 – Cineclube Gaia.
Local: Casa de Cultura de Esteio (Rua Eng.Hener de Souza Nunes, 150)
20h
Entrada Franca
_____
18/12 – Encontro dos coletivos Regional Sul – 18h
Local: Espaço Letra & Música (Av. Dom Pedro, 711, Centro – Esteio)

22h - Show com Maçã de Pedra
Discotecagem: Bia Jones, Neo e Léo Guimarães.
Ingressos R$5,00
_____
19/12 – Festival Metrô Rock (encerramento)

16h - Desfile: “Um bloco dos blocos”.
Composto pelos grupos: Coletivo Feitoria; Richard Serraria e Grupo Cultural Bataclã FC; Nação Periférica; Mimo Aires e Candombe; Afrosul Odomodê; Tambores da Aldeia; Maracatu Truvão; Rede do Sopapo; Escola de Samba Imperatriz Leopoldense e Movimento Negro de São Leopoldo.
Local: Largo Rui Porto (Av. Dom João Becker, Centro – São Leopoldo).

17h – SHOWS:
Bandas: Bleff, Auditiva, The Dancing Demons, Velocetts e INI
Local: Largo Rui Porto (Av. Dom João Becker, Centro – São Leopoldo).
Entrada Franca

Participação: Projeto GRAVAÊH (estúdio móvel de gravação)
_____
Realização:
Rede Metrô Rock;
Feitoria do Linho Cânhamo;
Tomada Rock;
SOMA;
Muito Além.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Canastra Suja Ao Vivo Soma Na Rua

Eita final de semana bem quente! Não apenas pela ação do Sol que torrou nossas cabeças, mas também pela ação de pessoas que queimaram suas mufas pra elaborar e executar um belo projeto o Soma Na Rua. A moçada botou o bloco na rua e esquentou a orelha dos transeuntes do Parque Farroupilha, a Redenção ou apenas Redença no bom portoalegrês. A iniciativa colaborativa capitaneada pelo Movimento Soma levou ao parque no domingo dia 05/12/2010 as bandas AuditivA, Canastra Suja, Catavento de Bolso e Fio Desencapado.
Olho de Sauron de nossa camera não deixou escapar esse evento é claro, o que me poupa de ficar descrevendo em floreios retóricos o que aconteceu. Confira no vídeo a seguir pra ter uma ideia de como foi a segunda edição do Soma na Rua, e na terceira vê se aparece, né oh!
Tem mais vídeos no www.youtube.com/corjatv e se você ainda não fez sua inscrição no nosso canal do youtube corre lá faz nêgo, assim você recebe atualizações e não perde nada da cena independente de Porto Alegre.

FESTA DE ANIVERSÁRIO DE 4 ANOS DA CONFRARIA DO BLUES!


Grande festa de 4 anos do projeto Confraria do Blues trazendo pela primeira vez Fernando Noronha & Black Soul em um show único com participação de Solon Fishbone na próxima sexta, 10 de dezembro no palco do Dr.Jekyll.
Dois dos maiores ícones do blues nacional tocando juntos em um show sem precedentes.

A abertura será da Confraria do Blues Band que nada mais é do que uma grande jam session com a presença de vários musicos que já tocaram na Confraria do Blues.
Teremos também sorteios da Toca do Disco e a nova linha de camisetas da Confraria do blues com novas cores: vermelho, azul e verde.
Fernando Noronha & Black Soul estão na ativa desde janeiro de 1995. Nestes 15 anos de carreira, já gravaram sete discos e se apresentaram em festivais e clubes de blues ao redor do mundo, levando sua música para países como Argentina, Chile, Bélgica, Holanda, França, Alemanha, Espanha, Itália, Noruega, Canadá, Suíça, Polônia, República Tcheca e Áustria.
Além disso, também tiveram a oportunidade de tocar/ trabalhar com grandes nomes como B.B. King, Buddy Guy, Jeff Healey, Coco Montoya, Chris Duarte, Santana, Ron Levy e Phil Guy, entre outros.
Em 2010, Fernando Noronha & Black Soul caem na estrada para a turnê de lançamento do seu sétimo álbum, Meet Yourself. O novo disco aponta para a mesma direção do último (Bring It) de fazer um blues/rock contemporâneo, dessa vez indo ainda mais longe e com muito mais ambição.

Solon Fishbone é um dos pioneiros do Blues no Rio Grande do Sul.
Em 1992 muito pouco se fazia em termos de Blues no sul do Brasil, algumas bandas iniciaram e acabaram sem muito alarde. Solon Fishbone foi, sem dúvida, o primeiro a sacudir a poeira e logo em seguida foi o grande responsável pelo “Boom” do blues em Porto Alegre.
Solon tem quatro CDs gravados e está com o novo trabalho intitulado”Fishtones” com lançamento previsto pra o começo de 2011.

FESTA DE ANIVERSÁRIO DE 4 ANOS DA CONFRARIA DO BLUES!
FERNANDO NORONHA & BLACK SOUL
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: SOLON FISHBONE
10 DE DEZEMBRO, SEXTA, 21HRS
DR.JEKYLL BAR
TRAVESSA DO CARMO, 76 – CIDADE BAIXA

INGRESSOS:
NOME NA LISTA:20,00 / SEM NOME NA LISTA:25,00
LISTA:confrariadoblues@gmail.com

Músicos que já tocaram na Confraria mande e-mail com o assunto "Musico" que terão um desconto especial.
CHEGUE CEDO PORQUE OS INGRESSOS SÃO LIMITADOS!
fonte divulgação
PORTO ALEGRE – 10 DE DEZEMBRO – SEXTA-FEIRA
NO Entrebar (José do Patrocínio, 340) – às 22h – R$5
Com as bandas: T.S.F + You Lose + Change Your Life + Nunca Mais! + Cala Boca, Zébedeu & Diatribe.

O quê? CFC (lançamento do álbum "Ninguém te controla") + Out Of Reason (de volta a cena após sete anos) + Pernalonga (lançando o ep "a volta dos que não foram") + T.S.F (Sta. Maria) & You Lose (Sta.Maria)Quando? Sábado, 11 de dezembro, às 22h.
Quanto? R$ 3,00
Onde? Na Fundação Cultural de Canoas (Av.Victor Barreto, 2301 - Em frente ao La Salle)

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Walverdes e INI Ao Vivo Dr Jekyll

Em postagem anterior você tem todas as informações sobre o lançamento do novo disco da banda Walverdes. Então nesta postagem dois vídeos pra sentir o clima de como será essa festa de lançamento lá no Dr Jekyll.
INI banda de Sorocaba e Walverdes em apresentações gravadas dentro do Dr Jekyll são o que lhes apresento meus amigos nos vídeos a seguir. Escute o mais alto possível!
Na postagem anterior você tem todas as informações sobre o lançamento do novo disco da banda Walverdes, então nesta postagem dois vídeos pra sentir o clima de como será essa festa de lançamento lá no Dr Jekyll.
INI banda de Sorocaba e Walverdes em apresentações gravadas dentro do Dr Jekyll são o que lhes apresento meus amigos nos vídeos a seguir. Escute o mais alto possível!

SHOW DE LANÇAMENTO DO CD BREAKDANCE - BANDA WALVERDES


Las Locas Quartas Del Dr. Jekyll
Apresenta:
SHOW DE LANÇAMENTO DO CD BREAKDANCE - BANDA WALVERDES

Abertura:
INI (Sorocaba)
Hangovers

08 dezembro - quarta - 22 horas
Local: Dr. Jekyll
Travessa do Carmo 76 - Cidade Baixa - Porto Alegre/RS

Ingressos:
SOMENTE 15 reais na hora

ordem dos shows:

23:30 - Hangovers
00:00 - Walverdes
01:10 - INI

CEVA 600 ML A 4 REAIS ATÉ A MEIA-NOITE

Apoio:
DubStudio
www.dubstudio.com.br

the!cut (cabelos)
9268.6649

Vyp Eventos

Rocker Regulagens


RELEASES

WALVERDES:
ISTO É UM RELEASE PARA INFORMAR SOBRE O NOVO DISCO DOS WALVERDES.
O disco se chama BREAKDANCE e está sendo lançado pela MONSTRO DISCOS.

Finalmente a banda gaúcha Walverdes reuniu suas capacidades para colocar na rua uma pequena coleção de canções chamada BREAKDANCE. O disco inclui 8 músicas inéditas e uma regravação de uma antiga música da banda que até então só havia sido lançada em fita cassete na DEMO AMARELA em 1994. BREAKDANCE será lançado em quatro formatos:

- CD oficial pela Monstro Discos
- músicas tocadas ao vivo pela banda nos shows
- alguns mp3 disponibilizados gratuitamente na Trama Virtual e MySpae
- mp3 disponibilizados pelos fãs por aí na internet

O nome do disco (BREAKDANCE) é inspirado nos filmes de breakdance lançados nos anos 90. As fotos da capa também. Mas o som não. As músicas de BREAKDANCE levam o som dos Walverdes um passo além dos discos anteriores (90 Graus, Anticontrole e Playback), refinando o rock empreendido pelo trio desde 1993. Os sons são derivados de tudo que se fez de legal no rock (e no roll) desde os anos 60, especialmente o garage rock dos anos 60, o punk dos anos 70, o hardcore dos anos 80 e grunge dos anos 90. Alguma coisa dos anos 00 entra também, mas não muito na verdade. Apesar de não aparecer claramente nas músicas, o funk, o hip hop e o reggae também são influências da banda.

Dessa vez, a produção ficou nas mãos de Julio Porto, ex-guitarrista da banda Ultramen e um connoisseur de reggae e funk, além de colecionador de instrumentos e equipamentos vintage, alguns deles utilizados nas gravações. Julio é um dos grandes responsáveis pelo som coeso porém diverso de BREAKDANCE: cada música recebeu uma atenção especial do produtor no que diz respeito a timbres e equipamentos. Além disso, ele ainda salpicou BREAKDANCE com discretos porém poderosos solos de guitarra, teclados e sintetizadores. Em Cérebro, por exemplo, a influência confessa da inclusão de um Moog vem diretamente dos filmes dos Trapalhões.

Se você não conhece a Walverdes, aqui vai um resumo: a banda surgiu durante uma borbulhante fase do rock brasileiro, no início dos anos 90, e rapidamente derrubou as fronteiras geográficas e estéticas do chamado rock gaúcho pra tocar em todo país ao lado de bandas importantes como Nebula, Breeders, Supergrass, Nada Surf, MQN, Forgotten Boys, Autoramas, Nação Zumbi e por aí vai. Já teve gente que achou que os Walverdes eram goianos devido à ligações contratuais e estéticas com a gravadora Monstro Discos.

No total, a banda já lançou 5 fitas cassete e quatro CDs recheados de rock baseado no que já se fez de melhor no gênero: The Who, Stooges, Rocket From The Crypt, Nirvana, Mudhoney, Deep Purple e Bob Marley servem pra resumir as influências. Desde a sua fundação os Walverdes se mantém em constante atividade, já tendo atravessado com consistência e sagacidade diversas fases do rock brasileiro ao longo dos últimos 17 anos.

Walverdes é:
Gustavo “Mini” Bittencourt: voz e guitarra
Marcos Rübenich: bateria
Patrick Magalhães: baixo e voz

@walverdes1
http://tramavirtual.uol.com.br/walverdes
www.myspace.com/walverdes
http://www.fotolog.com/walverdes_/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Walverdes


INI:
“Depois da entrada do vocalista, atravessando o público com o prato na mão, todo mundo já sabia o que esperar. Ou não. A cada movimento no palco, uma surpresa. Com uma performance de cair o queixo o INI marcou sua passagem por Criciúma.” (Revista OM)
Shows explosivos e modestos lançamentos entre 2006 e 2008. Este foi o caminho do INI até suspender sem prazo de volta todas as apresentações e entregar-se por inteiro a um novo trabalho. Mas o que esperar de uma banda que tem a catarse como aliada quando tranca-se por um ano e meio em estúdio para armar uma guerra em seu próprio território?
“A Caixa do Macaco”, segundo álbum da banda, é “um trabalho pesado e poético, experimental e harmonioso” - diz o portal Rock Alive. “Em estúdio a banda parece encaixar-se como ao vivo, chega a ser visual, com um vocal presente e muito bem empostado, uma bateria alucinada e backing vocals encaixados com maestria.”
Os quatro rapazes sorocabanos, mais adeptos do boca-a-boca que da superexposição, botaram o disco debaixo do braço e o pé na estrada em março deste ano. Além de tocar por todo o estado de São Paulo, passarão pelas melhores casas do Sul em julho, por Minas Gerais em Agosto e já preparam shows no Centro-oeste para
setembro.
Além de seguir com a tour, a banda lançou o video da canção “Becos Ossos Meus”, que estreia na MTV no dia 17 de julho às 11h. Preparam também um DVD ao
vivo com os mogi-paulistanos do Hierofante Púrpura. O trabalho documenta os shows das duas bandas nas Viradas Culturais com a Guerilha Gerador, projeto da Rasgada
Coletiva no qual usam dois pequenos geradores de energia para armar shows surpresas pelas ruas e calçadas de qualquer lugar, pra qualquer pessoa.
Em entrevista à Rock Safari, Ferraz resume a visão da banda: “essa arte feita de repetição, mastigadinha e confortável, é que rouba da música o poder de transformar as pessoas. Mas também não nos interessa ser cult, elitizados. Nos interessa o choque, com força e tesão. Os cacos a gente junta depois."
INI é:
Pêu Ribeiro – baixo/vocais
Heraldo Marins – bateria
Rike Raveli – guitarra
Ferraz – voz/guitarra
OUÇA: www.myspace.com/caixadomacaco
VEJA: www.fotolog.com/ini_fotos
LEIA: www.acaixadomacaco.blogspot.com
SIGA: @acaixadomacaco

Contato:
ini.contato@gmail.com
(15)3329-8132
(15)3225-1857
(15)8809-0773


HANGOVERS:

Power trio de GRUNGE UNIVERSITÁRIO sediado em Porto Alegre/RS. Hangovers é Lixo (sem arrôbas) e @portalet nas guitarras e @liegemilk na bateria.
@han6overs
http://www.myspace.com/han6overs
fonte divulgação

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Draco Dr Jekyll 04/112


Dia 04/12 as bandas Draco e Teto&Muro vão botar o Dr.Jekyll abaixo no ultimo evento do Rock Pesado do Sul no ano de 2010!
Convocamos todos vocês à celebrar esse ano tão importante pro Rock Pesado feito aqui no Rio Grande do Sul!
Além dos shows, e de Z.Ace (One of Them) tocando só o melhor do Rock de todas as décadas, haverá o sorteio de um barril de 5 litros da Heineken!

fonte divulgação

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Poesias Cantadas - Um tributo às grandes canções desconhecidas 02/12/2010 Usina do Gasômetro

Poesias Cantadas - Um tributo às grandes canções desconhecidas

Em meio a diversos tributos e homenagens a artistas de grande renome em nível nacional ou internacional, eis que surge um fato inusitado. Batizado como Poesias Cantadas - Um tributo às grandes canções desconhecidas, o objetivo deste novo projeto é levar ao público músicas e letras com intenso teor poético de artistas pouco conhecidos, que não figuram nos veículos de massa; grandes canções de grandes artistas que (ainda) não tem o devido reconhecimento popular. As apresentações serão feitas sempre em formato acústico.

A idéia do projeto surgiu em virtude da vasta quantidade de música que se veicula hoje na internet em sites como myspace, last fm, tramavirtual e outros; só para se ter uma noção, o myspace tem sido considerado por muitos como a maior gravadora independente do mundo, analogia feita devido ao seu enorme 'casting', que contém também artistas já conhecidos, mas que tem em sua maioria artistas desconhecidos do grande público, assim como acontece nos demais portais onde se compartilha músicas. Outra inspiração para a concepção do projeto foram as apresentações ao vivo destes artistas, uma ótima fonte de pesquisa para testar o apelo popular de tais canções.

Com o apoio do Movimento SOMA, do Coletivo Veneta e da Usina do Gasômetro, o projeto conta com a participação dos integrantes da banda AuditivA, Neo e Ricardo Saldanha, além de participações especiais de músicos envolvidos com a cena musical de Porto Alegre, tendo sua estréia no estado do Rio Grande do Sul. Outra peculiaridade é de nunca se tocar composições de músicos locais, para evitar se cair no óbvio; o projeto tem a real intenção de mostrar o novo, de levar ao público canções o mais desconhecidas possível. Poesias Cantadas - Um tributo às grandes canções desconhecidas é uma boa opção para quem costuma buscar novidades e para aqueles que gostam de apreciar obras poéticas.


Serviço:
Poesias Cantadas
Local: Usina do Gasômetro - 5o Andar (Sala 505)
Data: 02/12/2010
Horário: 19h30
Valor: 1 kg de alimento não-perecível
fonte: divulgação

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

MULHERES CANTAM THE CLASH 01 DEZ DR JEKYLL


Las Locas Quartas Del Dr. Jekyll
Apresenta:

MULHERES CANTAM THE CLASH
Uma seleção de roqueiras da cidade cantam os clássicos do Clash, acompanhadas pela banda SANDINISTAS.

Convidadas:
Julia Barth (Replicantes)
Maria Elvira (MESS)
Kellen Zinelli (Alcalóides - Nelo Johann)
Maira Cortez (M-16)
Elaine Vaz (Fucking Hits)
Liege Massi
Joice Giacomoni
Natalia Guasso
Karen Loss (Lovely Kills)

Abertura: Lovely Kills

01 dezembro - quarta - 22 horas
Local: Dr. Jekyll
Travessa do Carmo 76 - Cidade Baixa - Porto Alegre/RS

!!!!! MULHER NÃO PAGA ATÉ AS 23 HORAS!!!!!!!!!
Ingressos:
10 reais confirmando presença no evento do facebook:
http://on.fb.me/i9N847
ou na lista do orkut:
http://bit.ly/gZjzhK
15 reais na hora

CEVA 600 ML A 4 REAIS ATÉ A MEIA-NOITE
DOSE DUPLA DE CAIPIRA TAMBÉM!
fonte divulgação

PercPOA 2010 Festival de Percussão da Cidade de Porto Alegre 03 a 05 de dezembro


03 a 05 de dezembro com entrada franca
De 03 a 05 de dezembro acontece a 3ª edição do Perc POA – Festival de Percussão da Cidade de Porto Alegre, o maior encontro de percussionistas do sul do Brasil. Este festival, voltado às diversas manifestações rítmicas da cultura brasileira, promove a integração de todos os músicos e pessoas envolvidas com o tambor, o batuque, a bateria e a música de forma universal.
Nesta edição o projeto, além dos shows e oficinas de ritmo, contará com exibição de filmes e a realização do Seminário Consciência dos Tambores. Todas as atividades têm entrada franca. As ações do Perc POA estão concentradas no Teatro de Câmara Tulio Piva, com exceção das oficinas de sábado que acontecem na Redenção e no Afro Sul-Odomodê.
No encerramento do evento serão realizadas homenagens e premiações e um show coletivo com um grande time de músicos (Paulo Romeo, Mestre Paraqueda, Maracatú Truvão, Mestre Giba Giba, Esdras Bedai, Mestre Walter Borel, Odomodê Tambor, Mestre Gersy Saraiva, Zé da Terreira, Areal da Baronesa do Futuro, Luiz Jakka, Fernando do Ó, Richard Serraria, De Santana, Turucutá Batucada Coletiva, entre outros). Ao final, os artistas descem do palco, juntam-se ao público e deixam em cordão o Teatro de Câmara Túlio Piva, fazendo a Caminhada dos Tambores na Cidade Baixa.
PercPoa 2010
Festival de Percussão de Porto Alegre
De 03 a 05 de dezembro (sexta a domingo)
Teatro de Câmara Túlio Piva / Redenção / Afro Sul-Odomodê
Entrada Franca


Assessoria de Imprensa:
Simone Lersch (51) 3029-6390 / 9803-4420

P r o g r a m a ç ã o :
Dia 03.12_Sexta
Local: Teatro de Câmara Tulio Piva_POA
17h_Oficina de Percussão com Nilo Cruz
Tanajura - Bateria de Colo
vagas limitadas*
20h_Abertura do Evento
Show Tambores dos Povos Charrua
Sérgio Senake
20h30_Seminário Consciência dos Tambores - Painéis
Giba Giba_Músico
"Pensamento Fora da Pauta. Era, tinha e foi." Éverton Miranda_Sbacem
Soc. Bras. Autores e Compositores
de Música do RS.
"Obras e Direitos Autorais."

Walter Borel_Africanólogo
" Agô Iê - Vamos falar dos Orixás"
Luiz Jakka_Músico e Educador
"Percuteria: um novo conceito."
Marcos Valcareggi_Representante de
Instrumentos Musicais.
"Quatro gerações de história na fabricação instrumentos musicais de qualidade em Porto Alegre."
Paulinho do Areal_Educador Social
"Projeto Social do Grupo Cultural Areal da Baronesa do Futuro."
Raul Selva_Ecologista
"Eco: A casa de Todos."
Mediação: Zé Evandro

Dia 04.12_Sábado
15h_Oficina de Percussão com Nilo Cruz
Local: Afro Sul-Odomodê
vagas limitadas*
16h_Oficina de Maracatu
Local: Redenção
20h_Exibição comentada do Filme:
"O Grande Tambor"(Gustavo Turks e Sérgio Valentin)
Realização: Coletivo Catarse
Local: Teatro de Câmara Túlio Piva
21h_Exibição do Filme:
"PercPOA 2006 - Tambores para a Juventude"
(Akane Wada)
Realização: Independente
Local: Teatro de Câmara Túlio Piva


Dia 05.12_Domingo
Local: Teatro de Câmara Tulio Piva_POA
17h_Oficina de Percussão com Nilo Cruz
Tanajura - Bateria de Colo
Local: Tulio Piva
vagas limitadas*
20h_Grande Show Coletivo e Premiação

Paulo Romeu Deodoro
Mestre Paraqueda
Maracatu Truvão
Mestre Giba Giba
Esdras Bedai
Mestre Walter Borel
Odomodê Tambor
Mestre Gersy Saraiva
Zé da Terreira
Areal da Baronesa do Futuro
Luiz Jakka
Fernando do Ó
Richard Serraria
De Santana
Turucutá Batucada Coletiva

Homenagem: Walter Borel_Patrono do Perc POA 2010

P r e m i a ç ã o :

Mestres Batutas de Ouro 2010:
Fernando do Ó
Paulo Romeo
De Santana

Menção Honrosa 2010:
Zé da Terreira_Resistência Cultural
Esdras Bedai_Intercâmbio Cultural
Marcos Valcareggi_Projeto Social

Grande encerramento com o já tradicional encontro:
" Caminhada dos Tambores na Cidade Baixa "
Da Rua da República até a João Alfredo
*Inscrições para as oficinas:
Hora antes do início da atividade.
Informações 51.9112-1226
www.percpoa.blogspot.com
Apoio cultural:
Prefeitura Municipal de Porto Alegre
Portoweb Tambor
Tanajura
Rozini Instrumentos Musicais
Sbacem
Valcareggi Percussão
Tirage Serigrafia
Afro Sul
Rádio Pirada

Realização:
A Produtora e Preto Produtora Cultural

* Faça parte desta rede social e repasse este email para seus contatos, assim de forma limpa bem mais pessoas serão informadas deste grande evento. Obrigado!

Soma na Rua 05 de Dezembro Parque da Redenção


No domingo dia 5 de dezembro acontece no Parque da Redenção a segunda edição do SOMA NA RUA, uma iniciativa do Movimento SOMA e da Caza Artística Produtora. O SOMA NA RUA é um evento multicultural que tem como objetivo principal promover as artes integradas, levando ao público música, teatro, poesia e outras manifestações artísticas em um mesmo palco. Para esta edição especial de Natal estão confirmadas as bandas AuditivA, Canastra Suja (Pelotas), Catavento de Bolso (Esteio) e Fio Desencapado e durante o evento haverá arrecadação de brinquedos, fraldas e leite em pó para doação a uma instituição infantil.

O SOMA é um movimento cultural, uma ação conjunta criada por pessoas envolvidas com a cena independente, que agrega diversos agentes e produtores envolvidos em Coletivos Culturais como o Tomada Rock de Esteio, o Feitoria de São Leopoldo, o Macondo Coletivo de Santa Maria e o Satolep de Pelotas. O intuito é fomentar a integração dos agentes culturais através de informação, seja em forma de reuniões, debates, eventos ou outros meios, como a Internet e o Zine Independente de Nós, que é distribuído gratuitamente. O SOMA propõe a união entre bandas, produtores e demais atores da cadeia produtiva artística, em nome do fortalecimento da cultura independente e uma maior democratização e profissionaliza]ção do cenário atual.

SERVIÇO:
Soma na Rua
05/12/10
A partir das 15h
Monumento ao Expedicionário - Parque da Rendeção
Entrada franca
SOMA SOLIDÁRIA: arrecadação de brinquedos, fraldas e leite em pó
http://movimentosoma.blogspot.com/

fonte: divuilgação

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Mary Jane Não Mora Mais Aqui - Teatro de Camâra Túlio Piva 24/11

Estréia nesta semana a montagem Mary Jane Não Mora Mais Aqui.
Os vídeos projetados durante a encenação foram registrados e editados por Domício Grillo, ou seja eu mesmo súcio mor desta corja.
Dá uma conferida no trailler da peça e no serviço, ambos logo aí abaixo.


Mary Jane Não Mora Mais Aqui
Direção Marco Plá.
Elenco: André Paz; Daniel Anilo; Lauriane Belmonte e Viviana Shames.
Teatro de Camâra Túlio Piva

Rua da República 575 - Cidade Baixa - Porto Alegre
De 24/11 a 15/12, sempre as quartas-feiras
entrada franca

Filmes selecionados no Rumos Cinema e Vídeo

A capital gaúcha é a primeira cidade a receber mostra itinerante dos 21 trabalhos contemplados entre 662 projetos inscritos na sexta edição do programa neste segmento; aparecem projetos de Alessandra Colasanti, Katia Maciel, Cinthia Marcelle e Arthur Omar; nos filmes a arte do cinema é contaminada por todas as outras formas de expressão.
De 23 de novembro a 5 de dezembro, o Centro Cultural Usina do Gasômetro em Porto Alegre recebe a Mostra Rumos Cinema e Vídeo 2009/2011 – Linguagens Expandidas. Serão ao todo 21 trabalhos que se esparramam pelo palco, a tela de cinema, o espaço expositivo e a internet. Cinco deles são expostos como instalações no espaço expositivo, durante todo o período; oito integram a mostra audiovisual na sala de cinema P.F.Gastal (de 22 a 26 de novembro) e três são apresentados como performances também no espaço expositivo durante o final de semana de 26 a 28 de novembro.
O programa Rumos neste segmento mantém o objetivo de fomentar e difundir a produção do audiovisual contemporânea, mas nesta sexta edição expandiu a sua área de ação para além do campo do documentário, único contemplado nas edições anteriores. Foram inscritos 662 projetos, e selecionados, entre eles, 21 trabalhos em três categorias: Filmes e Vídeos Experimentais; Eventos Multimídia e Documentários para Web.
Nas palavras de Roberto Cruz, gerente do Núcleo Audiovisual do Itaú Cultural, responsável pelo programa Rumos Cinema e Vídeo, as obras compõem um panorama coerente das muitas possibilidades de se expressar por meio da linguagem do audiovisual, a qual não se traduz mais de forma pura e modelar. “O audiovisual é contaminado por todas as outras formas de expressão: cinema-dança, cinema-teatro, cinema-pintura, cinema-literatura, cinema-cinema”, diz ele.
Em sua opinião, o desafio desta edição era exatamente o de dar conta desta pluralidade, multiforme e heterogênea. “Mais que a possibilidade de se contar uma história e convencer por meio da analogia e dos efeitos do realismo cinematográfico, estas realizações extrapolam e exploram a materialidade do suporte fotoquímico e digital; trabalham as características descontínuas do processo da montagem; enfatizam a sensorialidade visual da imagem em movimento; transformam o espaço-tempo da exibição no espaço-tempo da criação”, observa Roberto Cruz.
Documentário para web na rede
Na mostra em Porto Alegre, os sete documentários para web selecionados pelo edital poderão ser acessados em dois computadores em um lounge no espaço expositivo. Além disso, desde o dia 15 de setembro seis dos sete documentários estão disponibilizados no site do Itaú Cultural (
www.itaucultural.org.br) no link Rumos.

O Vôo de Tulugaq, de André Guerreiro Lopes, é um misto de documentário e poema visual, que registra um momento no silêncio de uma tarde de outono no Alasca. Em Satélite Bolinha, Bruno Vianna mostra o uso por brasileiros de satélites militares norte-americanos para bater papo.
Petrus Cariry traz, em O Som do Tempo, o concreto e os sons da cidade que avançam contra dona Maria Fátima, enquanto ela segue em frente impassível. O Céu Nos Observa, de Daniel Lima, cria interferências em uma imagem de São Paulo captada por satélite, propondo uma discussão sobre a capacidade de interferir coletivamente nas estruturas de controle e vigilância de escala global. O resultado é um processo poético de criação de ruídos na representação da metrópole.
Sinfonia, de Aline Portugal, João Costa, Julia De Simone e Julia Mariano, trata de ruídos gravados na memória e que nascem como música. Finalmente, Polivolume: Conexão Livre, de Claudia Afonso, Gabriel Gutierrez e Pedro Vieira, cria no espaço urbano e em seu esvaziamento, uma escultura cinética que pode e deve ser tocada e joga com diferentes tempos de percepção no cotidiano da cidade.
Todos os filmes citados têm oito minutos e tratam de forma geral da questão do ruído e da velocidade da informação, tema proposto pelo Itaú Cultural para esta categoria.

Instalações no espaço expositivo
De 23 de novembro a 5 de dezembro, além dos documentários para web, disponibilizados em computadores em um lounge, o espaço expositivo da Usina do Gasômetro apresenta obras selecionadas nas categorias Filme e vídeo experimental; Evento multimídia e Documentário para web, que se traduzem como instalações.
Travelling Zona Norte, produzido pelo grupo Nós do Morro e dirigido por Gustavo Melo, joga poesia e experimentação no subúrbio do Rio de Janeiro. Este trabalho utiliza ferramentas da técnica cinematográfica, como o travelling (carrinho sobre trilhos que transporta a câmera e o operador) e projetores para mostrar um pouco daquela realidade.
Em forma de um díptico, Gabriel Menotti apresenta 0fps: Southbank. Trata-se também de uma obra que traz fragmentos de imagens em uma sequência de frames. A mesma paisagem aparece em dois regimes de tempo e espaço, evidenciando diferenças entre suportes de imagem analógicos e digitais.
O filme Plataforma, de Cinthia Marcelle e Tiago Mata Machado, que formam o Cinemata,e Museu dos Corações Partidos, de Inês Cardoso, faz parte da série Unus Mundus, que investiga, desde 2004, a relação entre acontecimentos isolados e ocorrências múltiplas. Esta história se desenrola às vésperas de um feriado, no saguão de uma rodoviária. Os viajantes vão aparecendo aos poucos e começam a descer as escadas a partir das chamadas de embarque. No entanto, deixam as suas bagagens para trás em um rastro devastador de malas.
Em Casa-Construção, Kátia Maciel apresenta diálogos e, sobretudo, não-diálogos de um casal em uma casa em construção. Já Inês Cardoso fala de rompimentos amorosos em Museu dos Corações Partidos. Ela criou este espaço museográfico na rede e se dedicou a coletar depoimentos de anônimos via Skype. As conversas tornaram-se matéria poética para o desenvolvimento do filme, uma verdadeira cartografia amorosa. O museu apresenta também imagens de outros artistas convidados, como José Roberto Aguilar, Cão Guimarães, Cris Bierrenbach e Jac Lerner, criando uma iconografia de desilusões amorosas.

Filmes sala de Cinema P.F.Gastal
De 23 a 26 de novembro, sempre às 17h, a Sala de Cinema P.F Gastal
do Centro Cultural apresenta os sete filmes selecionados na categoria Filmes e vídeos experimentais e um dia com a exibição de seis documentários para a web. No dia 23 (terça-feira), será exibido Desassossego (Filme das Maravilhas), de Felipe Bragança e Marina Meliande, encerra a mostra. Nele, uma carta de amor e raiva, escrita por Bragança em 2007, foi enviada a 14 cineastas, como Karim Ainouz, que formaram o Grupo do Desassossego e dirigiram dez fragmentos do filme. O mote são as sensações que fazer cinema despertam atualmente no Brasil.
No dia sequinte 24 (quarta-feira) são exibidos sequencialmente os documentários para web: O Vôo de Tulugaq, Satélite Bolinha, Som do Tempo, O Céu Nos Observa, Sinfonia e Polivolume: Conexão Livre.
Na quinta-feira, dia 25, são exibidos três filmes. A Redação, de Andréa Midori Simão e Thiago Faelli traz a história de uma jovem roteirista e diretora de cinema, que descobre os prazeres e perigos de escrever sobre si mesma, sobre seu relacionamento amoroso e sobre sua família. Em Casa-Construção, Kátia Maciel apresenta diálogos e, sobretudo, não-diálogos de um casal em uma casa em construção.
Alessandra Colasanti e Samir Abujanra apresentam o documentário ficcional A Verdadeira História da Bailarina de Vermelho, com locações em Paris, Nova York e Rio de Janeiro. O filme aborda de forma irônica e bem humorada a história de uma dançarina de um dos quadros de Edgar Dégas. Ela abandona a tela, ganha o mundo e desaparece no carnaval carioca; mistura universo acadêmico, arte de vanguarda e submundo do sexo.
No dia seguinte, sexta, 26, também são exibidos três filmes. Enquadro episódio 2: Tiaguinho da Redenção, realizado pelo grupo Casadalapa, faz parte de uma série que retrata um drama representativo da vida de um personagem e de seu espaço. Neste filme específico, é revelado o que acontece a Tiaguinho, depois de abandonar a mãe, Domingas. A criação do rapaz está diretamente ligada ao barracão de uma pequena escola de samba, localizado embaixo de um viaduto no bairro Itaim Paulista, zona Leste da cidade. O grupo trabalhou, gravou e grafitou com a participação dos moradores e artistas da região.
Ainda neste dia é apresentado Cellphone. O filme de Daniel Lisboa demonstra que por trás de todo numero telefônico existem palavras que movimentam situações específicas. E fechando a programação é apresentado Museu dos Corações Partidos, de Inês Cardoso (obra também apresentada no espaço expositivo).

Performances
Três performances ocupam espaço expositivo de 26 a 28 de novembro (sexta-feira a domingo) sempre às 20h. No primeiro dia, Raimo Benedetti apresenta Sequenze, concerto audiovisual no qual as interpretações do olhar do autor se encontram com a obra do compositor italiano Luciano Berio.
No sábado Luiz DuVa sobe ao palco com Storm, um espetáculo inédito de improvisação multimídia que tem como tema o embate do ser humano com o desconhecido, seus limites e tentativas de transposição.
Fechando toda a programação, no domingo, Sandro Canavezzi de Abreu apresenta Pelas Fendas. A performance traz uma situação absurda em que perfis falsos criados em fóruns, comunidades virtuais, sites de relacionamento se tornam independentes e p
assam a vagar pela internet. O artista recria continuamente o trabalho, com base em sua reprogramação. A plateia assiste à fusão entre imagens e sons e à própria interface de programação que os geram.
fonte divulgação http://salapfgastal.blogspot.com/

Morgan Le Femme e Rock de Calcinha Dr Jekyll 26/11


The Name + Lautmusik 24/11 Dr Jekyll

Las Locas Quartas Del Dr. Jekyll apresentam:
LAUTMUSIK (
www.myspace.com/lautmusik)
+
THE NAME (SP) (www.myspace.com/thenamemusik)
24 de novembro - quarta - 22 horasLocal:
Dr. Jekyll
Travessa do Carmo 76 - Cidade Baixa - Porto Alegre/RS
Ingressos:10 reais - confirmando presença no evento do Facebook (http://www.facebook.com/pages/LAUTMUSIK/204254470267#!/event.php?eid=163805003642950)
ou com nome na lista do orkut (http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=61590&tid=5534553291070281577&start=1)15 reais na hora
MULHER NÃO PAGA ATÉ AS 23H.
CEVA 600 ML A 4 REAIS E DOSE DUPLA DE CAIPIRINHA ATÉ A MEIA-NOITE.
IMPORTANTE: OS SHOWS COMEÇAM À MEIA-NOITE E TERMINAM, OBRIGATORIAMENTE, ÀS 02:00 HORAS.
Apoio:DubStudiowww.dubstudio.com.br
the!cut9268.6649

THE NAME
O The Name é um trio de Sorocaba (interior de São Paulo). Geralmente, o que vem a seguir, são as palavras: pós-punk, manchester braileira, dance-punk, música para festa, pianos de house clássica e coisas do tipo. Depois de duas turnês por diversos estados brasileiros contabilizando mais de cinqueta shows só no primeiro semestre deste ano e shows pela américa do norte (passando pelo lendário SXSW, no Texas), o The Name já arruma as malas para mais três meses de pé na estrada ainda este ano. Assim, enquanto boa parte da novíssima cena de bandas brasileiras parece quebrar a cabeça para entender qual é o caminho certo, o trio entende que o futuro é agora. Com grandes novidades na manga, a banda anunciou há pouco o contrato com o Selo Vigilante (
twitter.com/semprevigilante), da gravadora Deckdisc (www.deckdisc.com – que traz também também Mim, Boss In Drama, Homemdade Blockbuster, Mickey Gang, Volantes, Colombia Coffee e Vivendo do Ócio), pelo qual aconteceu, em maio, o seu primeiro lançamento pelo selo: o sucesso de crítica e público “Can You Dance Boy/Let The Things Go” que, graças também a uma sempre intensa agenda de shows por grande parte do país e ao divertido clipe de “Let The Things Go”, colocou a banda sorocabana em destaque. A cereja do bolo deste primeiro semestre foi a indicação ao VMB na categoria Aposta MTV, o que demonstra a excelente fase pela qual a banda passa. Os próximos passos? Tocar, dançar, se divertir e, quem sabe, entre um single e outro, um disco completo em 2011… Mas isso é só o começo.

LAUTMUSIK
"Lautmusik orbita os ruidosos mundos do pós-punk 80 e do shoegaze 90, transitando entre a névoa do submundo musical e apostando em melodias soturnas, climas sufocantes e ambientações melancólicas pouco óbvias – mas sempre com muito punch e com uma carga pop nítida - o que surpreende em meio a um ambiente majoritariamente sombrio. Uma das melhores bandas do RS, Lautmusik se aproxima de Joy Division, My Bloody Valentine, Cure, Mogwai e Jesus & Mary Chain, mas consegue manter identidade própria." Danilo Fantinel, Blog Volume (RBS)
Atualmente gravando seu terceiro EP, LAUTMUSIK ("música alta", em alemão) é uma banda formada no outono de 2006 em Porto Alegre, Brasil. Influenciada principalmente pelo pós-punk dos 80 e pelo guitar rock e shoegaze dos 90, sua música não se enquadra, porém, em nenhuma dessas categorias, já que pretende apenas refletir o gosto musical diversificado e as experiências de vida de seus integrantes
.
fonte: divulgação

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Viva Gasômetro 20/11/10

Sábado na volta do Gasômetro, logo ali um pouco mais adiante, na praça do Aeromóvel tem mais uma edição do Movimento Viva Gasômetro. Ação cultural de ocupação dos espaços públicos do Centro Histórico de Porto Alegre. Música e cinema pra galera, só chegar chegando a partir das 17:30.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Circuito De Rap Trocando Ideia


PROYECTO GOMEZ e WANNABE JALVA Hoje no Dr Jekyll


Las Locas Quartas Del Dr. Jekyll,
Feira da Música do Sul e
NOITES FORA DO EIXO
apresentam:

PROYECTO GOMEZ (Buenos Aires - Argentina)
e
WANNABE JALVA

17 de novembro - quarta - 22 horas
Local: Dr. Jekyll
Travessa do Carmo 76 - Cidade Baixa - Porto Alegre/RS
www.drjekyllbar.com.br

Ingressos:
10 reais para quem confirmar presença neste evento do facebook
ou colocar o nome nesta lista do orkut: http://bit.ly/cyZJ5s
15 reais na hora

CEVA 600 ML A 4 REAIS E DOSE DUPLA DE CAIPIRINHA ATÉ A MEIA-NOITE
IMPORTANTE: OS SHOWS COMEÇAM À MEIA-NOITE E TERMINAM, OBRIGATORIAMENTE, ÀS 02:00 HORAS.

SOBRE AS BANDAS
Proyecto Gomez. Un solo hombre tocando el dobro, batería, voz , bajo de tres cuerdas, guitarra, ruidos.
En los shows, y sin utilizar pistas, Gomez graba en vivo cada capa, cada instrumento, y lo reproduce al instante. Mientras,
comienza a grabar otra nueva. De esta manera se lo ve tocar todo lo que suena. Cada nota, sonido, ruido, ha sido tocado, grabado, y loopeado en ese
momento.
En el 2009 realiza una gira por Canadá, USA y Brasil presentando su cuarto disco “Básico”. En 2010 edita un nuevo disco “Familixina” que lo
está presentando en diferentes ciudades de Brasil, Belem, Porto Velho, Porto Alegre, y Santa Maria.
www.myspace.com/gomezproyecto
A Wannabe Jalva quer ser Jalva quando, após 70 segundos da groovy "Come and Go", convida um coro de crianças para cantarem juntas "Try so hard!". O coro abre espaço para uma explosão roqueira, chegando mais perto de ser Jalva do que se poderia imaginar. É querendo ser Jalva que muitas bandas legais misturam guitarras pulsantes a bases essencialmente dançantes—ou seria o contrário? É a busca que Rafa Rocha, Thiago Abrahão, Felipe Puperi e Paulista encaram há um ano. No caminho, tatearam e esculpiram, com guitarras funkeadas ou marteladas, sintetizadores e baixos democráticos (quase toda a banda os toca), músicas que tanto podem lembrar o indie contemporâneo quanto o RHCP ou o post-hardcore. Se não são exatamente referências diretas, tratam-se de sons que esses caras escutaram muito, e que ajudam eles na sua procura pelo Jalva. Assim, ficam
a alguns passos (de dança) de mandar o "Wannabe" pro espaço. Você nunca ultrapassa a linha que separa o Wannabe e o Jalva —mas você precisa estar constantemente caminhando sobre ela.
http://myspace.com/wannabejalva
wannabejalva@gmail.com
fonte divulgação

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Os Cebolas Verdes - Cebolando Raul (Quem Não Tem Colírio..)

Só feras. Os Cebolas Verdes são Os Cebolas Verdes Luciano Leães (órgão), Daniel Mossmann (guitarra), Pedro Porto (baixo) e Pedro Petracco (bateria). Os caras tocaram na abertura do série “Boca Fechada Não Entra Mosca – ano VI” (11/11/10) que acontece dentro do projeto Ocidente Acústico, noitadas musicais das quintas-feiras no Ocidente Bar produzidas pelo Rei Magro.

A programação segue dia 18/11 com o premiadíssimo grupo QUARTCHÊTO, mostrando sua fusão do Jazz e experimentalismo com xotes, vanerões, chamamés, chacareras, milongas, rancheiras e bugios. O mês instrumental encerra dia 25/11 em grande estilo com a FUNKALISTEROs Ceblas Verdes mandaram clássicos do grupo de soul instrumental Booker T. & M.G.´s, que acompanhou e gravou com os principais artistas da Stax Records, de Memphis (EUA). E também no repertório músicas como Green Onions (que dá nome a banda), Hang ´em High, Soul Dressing, Double or Nothing dos Booker T & MG´s e canções de Henry Mancini, Meters e outros clássicos devidamente cebolizados como essa do Raul. Escolhi postar essa música por que antes de chegar no Ocidente para assistir ao show passei à porta de um bar e ouvi um cidadão batucando e cantando uma do Raul aos brados, encerrando a cantoria com a frase, que era um pedido, um apelo, uma ordem: "Levanta Raul!"

imagens Domício Grillo


www.myspace.com/oscebolasverdes

Jam Confraria do Blues

A Confraria do Blues faz mais uma edição no Dr Jekyll Bar. Mais do que isso, faz uma edição especial com atrações internacionais. Também vale ressaltar a salutar ideia que os organizadores do encontro bluseiro tem de promoverem encontros em um horário mais cedo, não apenas para sonâmbulos e notívagos. As apresentações realmente começam cedo, pontualmente às 21h o bar está aberto, e pasmem cheio.
Um bom lugar e um bom horário para assistir bons músicos gaúchos mostrando, o que realmente importa, música autoral e independente. Mas, como não poderia deixar de ser em um bom encontro de bluseiros o final da noite é espaço reservado para a jam, hora para revisitar os clássicos do gênero e para improvisações.Então assim, na sequência divulgação do evento que ocorre nesta sexta dia 12/11, e também vídeo de uma jam ocorrida numa noite dessas.
imagens Domício Grillo


Olá amigos!
A Confraria do Blues orgulhosamente recebe uma dos melhores gaitistas da America do sul, a atração internacional, direto da Argentina: Nico Smoljam Y Shakedancers.
Nico Smoljan & Shakedancers estão na estrada há mais de 10 anos fazendo um blues de referência em Buenos Aires, também contam com experiências musicais pelo Brasil, Uruguai, Chile, Bolívia e pela Europa.
Frequentemente acompanham artistas de renome internacional em turnês pela Argentina: Duke Robillard, Mud Morganfield (Mud Jr.), Zakiya Hooker, Bob Stroger, Rick Estrin, Mark Hummel, Carlos del Junco, Flávio Guimarães, Jefferson Gonçalves, dentre outros.
Nico Smoljan (harmônica), Matias Cipiliano (guitarra), Lautaro Guida (baixo) e Pablo "Negro" Gutierrez (bateria) trarão consigo clássicos de B.B.King, Junior Parker, Muddy Waters, Little Walter, Willie Dixon, etc. Para os fãs de blues (e para os apreciadores da boa música) é oportunidade rara... IMPERDÍVEL!!!
"Shakedancers is a straight up Chicago Blues Band from the heart of Buenos Aires. They play with a deep Chicago feel" (Rick Estrin).
A Abertura será feita pela banda Confeitaria Brasil que fará sua estréia na Confraria do Blues.

CONFRARIA DO BLUES ESPECIAL12 DE NOVEMBRO, SEXTA, 21HRS
NICO SMOLJAM Y SHAKEDANCERS (ARGENTINA)
Abertura: Confeitaria Brasil
DR. JEKYLL BARTRAVESSA DO CARMO, 76 - CIDADE BAIXA
INGRESSOS NO LOCAL: 20,00
fonte divulgação

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Feira da Música do Sul 2010

Porto Alegre recebe em novembro a segunda edição da maior feira do setor realizada no sul do país
De 17 a 20 de novembro a diversidade cultural se fará presente na cidade. A Feira da Música do Sul 2010 traz uma infinidade de atrações concentrando em Porto Alegre, durante quatro dias, pensadores e articuladores da cena da música. Um espaço para múltiplas atividades como painéis, shows, oficinas, rodadas criativas, encontros e mostras de serviços. O evento acontece na Casa de Cultura Mario Quintana e no Centro de eventos Casa do Gaúcho.
Com o objetivo de incentivar o grande potencial econômico do cenário musical gaúcho, a Feira da Música do Sul propõe um espaço de discussão e negócios do setor musical. A idéia é promover a abertura e a ampliação do mercado e acelerar o desenvolvimento de atividades de qualificação profissional para músicos, produtores e demais agentes do cenário musical. Reunir para agregar, qualificar para empreender. Estes são os focos da Feira da Música do Sul 2010, elaborados a partir de crenças e experiências de grandes feiras internacionais como o Midem, a Womex, o SXSW e a Popkomm - e nacionais como a Feira da Música de Fortaleza, o Mercado Cultural, a Feira da Música Brasil, o Porto Musical e a Brazil Central Music.
E música de referência é o que não falta para este grande evento que promete apresentações de diferentes gêneros. Guapos, Loucos e Letrados são três grupos musicais formados por artistas gaúchos que representam o estilo que dá nome às bandas. Guapos são compostos pelos tradicionalistas, Loucos são os roqueiros e os Letrados são os músicos com uma veia poética. Outras grandes atrações como Leopoldina e Banda e Mestre Jonas fazem parte desta intensa programação

Programação Feira da música do Sul 2010
17/11 – Quarta-feira
Shows – Casa do Gaúcho
19h às 22h – Mostra de produtos e serviços
20h30 – Abertura Oficial
21h – Leopoldina e Banda (MG)
22h – Mestre Jonas (MG)

Noites Fora do Eixo – Wannabe Jalva e Projecto Gomez
Horário: 22h
Local: Dr. Jekyll (Travessa do Carmo, 73 - Cidade Baixa)

Circuito Trocando Ideia de Rap - Ogi (SP) e Dj Charquipunk (Chile)
Horário: 22h
Local: Garagem Hermética (Rua Barros Cassal, 386)

18/11 – Quinta-feira
Painéis – Casa de Cultura Mário Quintana
10h – Observatórios Culturais e Políticas Públicas para a Música
13h30 – Atuação do Sebrae na Cultura Brasileira
14h – Encontro com Tatiana Ivanovici (Jornalista e Produtora Cultural) - SP e Bruno Torres (Distribuidora Favela Music) – RJ
14h – Rodadas Criativas
15h – Oficina Comunicação na música: criando um release
16h – O Direito Autoral e a Reforma da Lei
18h - Encontro com Maurício Bussab - SP - Distribuidora Tratore
19h – Sessão de videoclipes

Shows - Casa do Gaúcho
16h – Mostra de produtos e serviços
22h – Guapos

Noites Fora do Eixo – Canastra Suja e Véspera
Horário: 22h
Local: Eclipse Bar (Rua Joaquim Nabuco, 272 - Cidade Baixa)

Circuito Trocando Ideia de Rap - DJ MZK, Tonho Crocco e atração surpresa
Horário: 22h
Local: Garagem Hermética (Rua Barros Cassal, 386)

19/11 – Sexta-feira
Painéis - Casa de Cultura Mário Quintana
10h - Circulação na América Latina
13h30 – Cooperativismo
14h – Rodadas Criativas
14h – Oficina Além da música: o que é uma equipe de produção
16h – Imagem & Comprador
17h – Encontro com Andre Maleronka (Editor da Revista Vice) - SP
19h – Sessão de videoclipes

Shows - Casa do Gaúcho
16h – Mostra de produtos e serviços
23h – Loucos

Noites Fora do Eixo
Tonho Crocco
Horário: 22h
Local: Long Play (Sarmento Leite, 880 – Cidade Baixa)
Bandinha Di Da Dó
Horário: 22h
Local: Verde Club (Avenida Goethe, 200 - Moinhos de Vento)

Circuito Trocando Ideia de Rap - Lurdez da Luz (SP) e D.R.O e Solo Damant (RS)
Horário: 23h30
Local: Garagem Hermética (Rua Barros Cassal, 386)


20/11 – Sábado
Painéis - Casa de Cultura Mário Quintana
13h30 – Educação Musical
14h – Encontro de Coletivos e Produtores Independentes do Sul
14h – Rodadas Criativas
15h30 – Feiras de música no Brasil
17h30 - Plenária do Fórum Permanente de Música do RS

Shows - Casa do Gaúcho
16h – Mostra de produtos e serviços
23h – Letrados

Noites Fora do Eixo
Telecines e Auditiva
Horário: 22h
Local: Dr. Jekyll (Travessa do Carmo, 73 - Cidade Baixa)
Bebop e Subtropicais
Horário: 22h
Local: Live Sport Pub (Rua Doutor Barcelos, 435 - Assunção)

Sobre os grupos musicais:
Formado por grandes artistas da cena musical gaúcha, os grupos Guapos, Loucos e Letrados reúnem o melhor da música tradicionalista gaúcha, o rock dos pampas e a música poética sulista respectivamente, com a experiência de renomados instrumentistas.
O grupo Guapos é formado pelos músicos Leandro Rodrigues (guitarra), Ricardo Arenhaldt (bateria), Lucas Esvael (baixo) e Felipe Leão (violão). Terá participações especiais de Renato Borguetti, Luis Carlos Borges, Neto Fagundes, Ernesto Fagundes, Shana Muller e Elton Saldanha.
Os Loucos são Lucas Hanke (guitarra), Edinho Espíndola (bateria), Jeronimo Bocudo (baixo) e Leo Boff (teclado), com participação de Frank Jorge, Julio Reny, King Jim, Nei Van Soria, Marcelo Birck e Carlinhos Carneiro.
Fazem parte dos Letrados, Edilson Avila (guitarra), Mano Gomes (bateria), Nico Bueno (baixo) e Luis Mauro Filho (teclado). Os músicos Bebeto Alves, Gelson Oliveira, Nei Lisboa, Nelson Coelho de Castro, Zé Caradipia e Hique Gomez são os participantes especiais do grupo.

Sobre os parceiros:
Circuito Fora do Eixo
Rede de trabalhos concebida por produtores culturais das regiões centro-oeste, norte e sul no final de 2005. Começou com uma parceria entre produtores das cidades de Cuiabá (MT), Rio Branco (AC), Uberlândia (MG) e Londrina (PR) que queriam estimular a circulação de bandas, o intercâmbio de tecnologia de produção e o escoamento de produtos nesta rota desde então batizada de "Circuito Fora do Eixo". Hoje o Circuito Fora do Eixo está em 25, das 27 unidades federativas do Brasil. O sul, o centro-oeste, o sudeste e o norte são regiões totalmente associados, já que contam com todos os estados inclusos. O Macondo Coletivo, referência da Regional Sul do Fora do Eixo, é o responsável pela administração da parceira com a Feira da Música do Sul

Instituto Trocando Ideia
O Instituto Trocando Ideia de Tecnologia Social Integrada existe formalmente há 6 anos. O grupo de ativistas e produtores culturais que constitui o Instituto realizou entre 1999 e 2006 o Encontro Trocando Ideia anualmente em Porto Alegre, além de duas edições nacionais em São Luis do Maranhão e Recife. Trocando inclusão social por transformação social - e sabedores que este processo se constrói somente com o fomento e a prática da cidadania - , este grupo foi se dividindo e aglutinando em diferentes áreas de atuação, sempre tendo a arte de rua e do Hip Hop (música, dança, artes plásticas, conhecimento ) como sua base de atuação. O Instituto promove diferentes formas de saberes e integrações e fortalece encontros de diversos atores sociais da cultura e movimento Hip Hop de todas as juventudes.

Sobre os painéis, encontros e Rodada Criativa:
Observatórios Culturais e Políticas Públicas para a Música
Monitorar, refletir, impulsionar acordos e gerar recomendações úteis para a política e a gestão cultural de um Estado são as vocações de um observatório cultural. Em se tratando de instituições livres, com diferentes formatos e localizações, têm como elo comum a busca, a análise e a difusão das informações culturais, operando em áreas de interatividade e de negociação, promovendo políticas de Estado ou da sociedade que sejam sustentáveis além das mudanças políticas e administrativas. Os convidados são Gabriel Mateu (Observatório Cultural de Buenos Aires), Edson Natale (Itaú Cultural), Thiago Cury (Funarte) e Álvaro Santi (Observatório de Porto Alegre).

Atuação do Sebrae na Cultura Brasileira
O Sebrae, integrante do Sistema S e presente em todo o Brasil, promove a profissionalização do mercado e a capacitação dos agentes culturais, assumindo o papel de multiplicador de oportunidades ao fazer com que o setor seja mais competitivo e sustentável. A economia da cultura é um dos eixos estratégicos destas ações, abrangendo a produção de bens culturais, emprego, negócios, inclusive com recortes setoriais específicos, a exemplo da cadeia produtiva da economia da música. Para conhecer a experiência do Sebrae em outros estados do Brasil, seu alcance e seus desdobres este painel receberá Roberto Cirico Maciel (Sebrae Espírito Santo), Glauber Uchoa Almeida (Sebrae do Ceará), Alex Lima de Souza (Sebrae do Acre) e Décio Coutinho (Sebrae de Goiás).

O Direito Autoral e a Reforma da Lei
Estamos em pleno processo de reforma de nossa legislação autoral. Com a intenção de elaborar um documento com a posição do Fórum Permanente de Música do Rio Grande do Sul, a Feira da música do Sul propõe ouvir alguns especialistas convidados para este painel: Adriano Araújo (Recife), Alexandre Negreiros (Rio de Janeiro), André Alves Wlodarczk (Curitiba), Pedro Figueiredo (Mediação-Porto Alegre).

Circulação na América Latina
Apesar da diversidade musical da América Latina, o RS ainda tem grandes dificuldades para a circulação de seus artistas e sua música. Como resolver as questões que dificultam a circulação de criações e criadores, e quais as estratégias que os artistas podem propor para mudar esse quadro no Brasil e nos países da América do Sul? Para dialogar sobre estas questões e exporem seus pontos de vista estarão na cidade Benjamim Taubkin (Núcleo Contemporâneo/SP e Mercado Cultural/BA), Mariana Markowiecki (Festival de Otoño de Bueno Aires) e Carlos Taran (Los Inrockuptibles/Uruguai).

Cooperativismo
Recentemente as cooperativas de música de Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo, fundaram a Federação das Cooperativas de Música do Brasil, iniciativa pioneira na música e no cooperativismo. O movimento e, consequentemente esta Federação, nascem em resposta ao momento histórico de mudança de paradigma e surgimento de novos modelos de organização da sociedade civil para exercício do trabalho e ação política que congregue e represente a base de toda cadeia produtiva da música. Os convidados deste painel são Makely Ka (COMUM - Cooperativa de Música de Minas Gerais), Felipe Gama (Cooperativa de Músicos de São Paulo) e Pedro Figueiredo (ENCOMPOR - Cooperativa de Músicos de Porto Alegre).

Comprador & Imagem (BM&A)
O Comprador & Imagem é um projeto da Brasil Música & Arte (BM&A) que traz profissionais de mídia e compradores internacionais ao Brasil para um encontro com produtores brasileiros de música e artistas tendo como objetivo a promoção e a geração de negócios. Este painel se propõe a avaliar os resultados dos projetos executados no Rio Grande do Sul em 2008 e 2009, bem como propor alterações e ouvir relatos de experiências bem sucedidas de exportação da música feita no RS. Os convidados serão David McLoughlin (BM&A), Paula Nozzari e Chris Kochemborg (Canja Rave) e Marco Panichi (Hibria).

Educação Musical
No momento em que se discute a implementação da Lei 11.769/08 (18/08/2008), educadores e músicos organizam-se em redes buscando formas para viabilizá-la. Poder público, alunos de graduação, pós-graduação, pesquisadores e educadores musicais das mais diferentes esferas buscam meios, caminhos e formas para oferecer à sociedade brasileira uma educação musical à altura de sua diversidade. Ouviremos os relatos de Magali Kleber (ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical), Cecília Silveira (OFVL - Orquestra de Flautas Villa-Lobos), José Brasil de Matos Filho (Prefeitura Municipal de Sobral/Ceará), Jusamara Souza (UFRGS) e Leandro Maia (UFPel).

Circuito de Feiras de Música do Brasil
Dizer que a atividade musical é grande geradora de riquezas, emprego e desenvolvimento já é lugar comum nas conversas em torno da economia da cultura. Para dar um passo além da retórica, as produtoras das feiras de música do Brasil e a Funarte - Fundação Nacional das Artes - criaram o Circuito de Feiras de Música do Brasil, uma rede organizada para fomentar o mercado nacional e dialogar com iniciativas irmãs em âmbito internacional. Com um calendário organizado cronológica e geograficamente, o circuito é formado pelo Porto Musical (Recife/PE), Feira da Música do Sul (realizada no RS, SC e PR alternadamente), Feira da Música de Fortaleza (Fortaleza/CE), Brasil Central Music (Goiânia/GO), Mercado Cultural (Salvador/BA), e tem seu fechamento na Feira Música Brasil, promovida pelo Ministério da Cultura e Funarte e realizada a cada ano em uma cidade diferente. A idéia consolida a presença brasileira no circuito mundial de feiras musicais para conferir visibilidade e atrair investidores estrangeiros para o mercado musical brasileiro da atualidade. Participantes: Kaká Mamoni (Feira Música Brasil), Melina Hickson (Porto Musical), Ivan Ferraro (Feira da Música de Fortaleza), Ruy César (Mercado Cultural), Benjamin Taubkin (Mercado Cultural), Tião Donato (Brasil Central Music).

Plenária do Fórum Permanente de Música do RS
Dentro das atividades do FPMRS, que é um dos protagonistas da Feira da Música do Sul, será realizada a plenária anual da entidade para avaliação das ações do ano de 2010 e propostas de linhas de ação para 2011. Criado para ser uma instância de diálogo e reflexão o FPMRS desenvolve importante papel na elaboração e acompanhamento das políticas públicas para a cultura do estado, bem como suas implantações.

Rodadas Criativas
Encontrar pessoas, facilitar enlaces e fomentar novos modelos de negócios. Estas são as propostas das rodadas criativas da Feira da Música do Sul Edição 2010, que aposta na crença de que pessoas livres para criar podem repensar os velhos modelos e propor novidades para seus negócios, bem como criar alternativas às formas desgastadas. As rodadas acontecerão em um centro de convivência onde as pessoas poderão, cada uma a sua maneira, elaborar e realizar opções criativas de modelos de negócios. Para participar os interessados devem preencher o formulário online em
www.feiradamusicadosul.com.br/rodadascriativas e aguardar sua inclusão na Agenda Criativa da feira. Após, os participantes poderão se logar no sistema e navegar pelos perfis dos demais, conhecendo seus afazeres e articulando encontros ou - se preferirem - simplesmente comparecer ao espaço de convivência e lá decidirem com quem querem dialogar.

Serviço:
Feira da Música do Sul 2010
De 17 a 20 de novembro em Porto Alegre/ RS
Painéis na Casa de Cultura Mário Quintana (Rua dos Andradas, 736 – Centro)
Show na Casa do Gaúcho (Rua Otávio F. Caruso, nº 301 – Parque Maurício Sirotsky Sobrinho)
Entrada Franca
fonte divulgação

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

SALA P. F. GASTAL REALIZA MOSTRA SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

A Sala P F Gastal da Usina do Gasômetro se adainta um pouco em relação à Semana da Conciência Negra, mas o que vale é que a programação está aí e com bons filmes sobre a temática preconceito racial. Dá um conferis moçadis.


A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro realiza entre os dias 9 e 14 de novembro uma mostra reunindo diversos filmes relacionados à questão do preconceito racial, como parte das atividades desenvolvidas pela Secretaria Municipal da Cultura para marcar a passagem da Semana da Consciência Negra. A programação inclui dois longas brasileiros, A Negação do Brasil e Vida de Menina, além dos clássicos do cinema norte-americano O Sol Tornará a Brilhar e Adivinhe Quem Vem Para Jantar?, ambos estrelados por Sidney Poitier, o mais respeitado ator negro dos Estados Unidos.
A mostra tem o apoio da Programadora Brasil, projeto do Ministério da Cultura destinado à difusão de filmes brasileiros, e da distribuidora MPLC. Exibição em DVD. A entrada é franca.


Sinopses dos Filmes
A Negação do Brasil, de Joel Zito Araújo (Brasil, 2000, 91 minutos)
Uma minuciosa investigação e análise sobre a participação dos atores negros nas telenovelas brasileiras, no período 1963-1997.
Acompanha o curta Carolina, de Jeferson De.

Vida de Menina, de Helena Solberg (Brasil, 2005, 102 minutos)
Premiada adaptação dos diários de Helena Morley, menina de 13 anos que retratou as desigualdades e preconceitos do Brasil do século XIX. Vencedor de seis Kikitos no Festival de Gramado, incluindo melhor filme.

O Sol Tornará a Brilhar (A Raisin in the Sun), de Daniel Petrie (EUA, 1961, 128 minutos)
Uma família negra muda-se para uma casa num subúrbio cujos vizinhos são, em sua maioria, brancos. Um clássico do cinema americano, sobre a luta dos negros americanos contra décadas de discriminação, estrelado por Sidney Poitier, o grande ator negro dos Estados Unidos.

Adivinhe Quem Vem Para Jantar? (Guess Who’s Coming to Dinner), de Stanley Kramer (EUA, 1967, 108 minutos)
Joanna (Katharine Houghton), a bela filha de um editor liberal, Matthew Drayton (Spencer Tracy) e sua esposa aristocrata (Katharine Hepburn), retorna para casa com seu novo namorado, John Prentice (Sidney Poitier), um ilustre médico negro. A mãe aceita a decisão da filha de se casar com John, mas seu pai está chocado com essa união interracial; bem como os pais do médico. Para acertar as coisas, ambas as famílias devem sentar-se frente a frente e examinar os seus níveis de intolerância. Spencer Tracy e Katharine Hepburn (que foi premiada com o Oscar por sua atuação) estão inesquecíveis como os atônitos pais, neste filme de 1967 que é um marco sobre as questões de miscigenação racial no casamento.
Carolina, de Jeferson De (Brasil, 2003, 15 minutos)
A história da escritora Carolina Maria de Jesus, que vivia numa favela em São Paulo e alcançou sucesso internacional com o livro Quarto de Despejo. Prêmio de melhor curta-metragem no Festival de Gramado.

GRADE DE HORÁRIOS
Até 14 de dezembro de 2010

10 de novembro (quarta-feira)
15:00 – III Festival Escolar de Cinema (sessão fechada)
17:00 – O Sol Tornará a Brilhar
19:00 – III Festival Escolar de Cinema (sessão fechada)
11 de novembro (quinta-feira)
15:00 – III Festival Escolar de Cinema (sessão fechada)
17:00 – Adivinhe Quem Vem Para Jantar?
19:00 – Vida de Menina
12 de novembro (sexta-feira)
15:00 – III Festival Escolar de Cinema (sessão fechada)
17:00 – A Negação do Brasil (acompanha o curta Carolina)
19:00 – Exibição do curta Carolina, seguido de apresentação de coral do CECUNE e de recital com o ator Sirmar Antunes

13 de novembro (sábado)
15:00 – Antes que o Mundo Acabe
17:00 – Vida de Menina
19:00 – O Sol Tornará a Brilhar
14 de novembro (domingo)
15:00 – Antes que o Mundo Acabe
17:00 – Adivinhe Quem Vem Para Jantar?
19:00 – A Negação do Brasil (acompanha o curta Carolina)

Lançamento da Revista Fala Brasil! A Cultura Preto no Branco

Chegando às ruas e às mãos de quem gosta de arte e cultura a quarta edição da Revista Fala Brasil. Neste número mais uma o Corja.Net está presente com a nossa página falando sobre a cena musical do RS e configuração do circuito independente de cultura. Confiram a seguir a divulgação do lançamento desta edição, e claro se puderem apareçam.
Lançamento da Revista Fala Brasil!

A Cultura Preto no Branco número 4 - É TEMPO de PAIXÃO! Especial Feira do Livro
Esperamos todos lá na Feira do Livro na SEXTA, dia 12

Dia 12 de novembro - sexta, 18h na frente do MARGS (encontro), Memorial / TVE e Barraca Central de Informações na 56ª Feira do Livro de POA, com performances artisticas. Venha pegar a sua revista Gratis que é Vap TY Vup... eheheh
Todos Convidados, divulguem aos amigos e vamos
NOS encontrar na Feira...
SEXTA 12 - 18h
Coletividade nas Artes!!! Uma bandeira de amor ao artista... Sucesso a todos!
Fala Brasil!!!!!!!!!
Rosane Scherer
Zé Augustho
Informações: 51. 3228.4382 / 9144.3426 / 8423.0616