segunda-feira, 16 de julho de 2007

Com Esse Eu Vou Pra FLIP

Estou embriagado pelo Pan. Que coisa mais linda. Não se fala mais em corrupção, em assalto, tiro ou trafico. É só Pan. Que pátria desportista, apesar de olhar e ver sempre arquibancadas vazias, o povão tá chegando junto é claro. Sem nós não tem Pan. Nós ficamos de bunda pra cima e eles Pan em nós. Maravilha.
Onde eles esconderam a bugrada do Rio de Janeiro? Será que sitiaram os morros? "Peraí mermão onde cê pensa que vai?! Jeito nenhum mano, volta pa tua maloca, só sai de lá quando acabá o Pan. Ou nóis Pan em tu."
É a festa do esporte, e a primeira medalha de ouro veio em um dos mais tradicionais esportes nacionais o Taekendo. Oi Tekondô. Ãh Tocomdô. É eu sei dói, também eles não param de Pan. Legal que o mano medalista mandou ver, e olha que nem tinha alguém tocando berimbal. Nossa capoeira tá mais "clean". Parabéns, mas eu ainda luto ca'poeira do modo antigo. Não asfaltaram minha rua. Quando não chove e vira tudo em barro, luto ca´poeira que deixa meu sapato cinza, que dispara minha "ranhite". E na hora de comprar o remédio que o SUS não distribui PAN de novo.
Vou largar o PAN e me vou enquanto ainda dá pra FLIP. Feira Literária de Parintis. Eh boi!! Tourada é esporte olímpico? Olha aí PAN de novo.

Um comentário:

Jean disse...

Ae Domicio, parabéns pelo site, sucesso e sorte nos projetos e na corrida musical.

Abraço!

Jean
ALVO Arte Independente
www.alvovirtual.com