terça-feira, 18 de setembro de 2007

Damn Laser Vampires - Saint Of Killers

Pra muitas bandas falta personalidade. Parece bobagem, para alguns, mas é realmente importante, num universo de grupos em expansão continua e provavelmente infinita.
O caso a seguir reflete esta atenção. Atenção com a arte, com o visual e claro com a música. Ou seja, conceito. Neste trabalho, belíssimo trabalho, a Damn Laser Vampire apresenta todo este conceito estético e sonoro.
O resultado ta aí, basta dar play. Adianto que, se você curte rock vai ficar a vontade . Caso contrário tampe, os ouvidos de preferência com dentes de alho.


2 comentários:

ronaldo disse...

Diz aí Domício!
Surpresa boa ler a tua resenha! É sempre bom saber que caras inteligentes compreendem o que a gente faz. Obrigado, em nome da banda.
Abraço!
Ronaldo

Domício Grillo disse...

Obrigado a vocês por produzirem material bom de se ver e ouvir. Mas na real não faço resenhas. Resenha é coisa pra crítico e geralmente os críticos de música não gostam de música, gostam mesmo é de se exibir com virtuosismos literários. Eu curto música e falo do que gosto e era isso.
Valeu, e em breve mais clipe da D.L.V. por aqui.